João Pessoa
Feed de Notícias

Escola Estadual Raul Córdula promove Semana Antidrogas

sexta-feira, 13 de setembro de 2013 - 08:40 - Fotos: 

Entendendo o ambiente escolar como um espaço de construção e formação dos indivíduos, a Escola Estadual Raul Córdula, em Campina Grande, realizou de 6 a 11 deste mês a ‘Semana Antidrogas 2013’, na qual foi discutida, através de diversas atividades lúdicas, a temática das drogas na sociedade.

De acordo com o diretor da Instituição, Robinson Ribério, a Semana Antidrogas foi promovida para alertar a comunidade escolar sobre o problema de forma dinâmica e interativa: “Esse é um dos maiores problemas que os jovens enfrentam atualmente, e nós, como educadores, devemos fornecer meios de discussão e esclarecimento à comunidade em geral”. O gestor acrescentou que o evento também serviu para apresentar o projeto de Educação Química Antidrogas que vem sendo realizado com os alunos na escola.

Durante toda a semana, os estudantes participaram do evento, que contou com a apresentação de peças teatrais e pDurante toda a semana, os estudantes participaram do evento, que contou com a apresentação de peças teatrais e palestras com representantes de órgãos públicos que atuam no combate às drogas na cidade, a exemplo da Secretaria Municipal de Saúde e do Hospital de Trauma.

Para a professora Kátia Duarte, a Semana Antidrogas enriqueceu o currículo escolar dos alunos com atividades práticas e teóricas na exploração do tema transversal ‘Educação Antidrogas’. “A grande contribuição observada até esta etapa do Projeto foi visualizar o interesse dos alunos em repassar o conhecimento apreendido sobre o tema para toda a Escola, bem como para outros espaços, como a comunidade”, explica a professora idealizadora da proposta.

O Projeto - O ‘Projeto Educação Química Antidrogas na Escola’ é desenvolvido por uma equipe multidisciplinar formada por educadores e está sendo realizado desde o início do ano letivo, e vai realizar atividades e ações durante todo o ano. Por meio de diversas parcerias com entidades e órgãos públicos, os trabalhos estão sendo ampliados e outros projetos complementares serão desenvolvidos para a comunidade da Escola e do Município.alestras com representantes de órgãos públicos que atuam no combate às drogas na cidade, a exemplo da Secretaria Municipal de Saúde e do Hospital de Trauma.