João Pessoa
Feed de Notícias

Escola Estadual apresenta resultado anual do Projeto Se Sabe de Repente

sexta-feira, 29 de novembro de 2013 - 18:40 - Fotos: 

A Escola Maria do Carmo de Miranda realizou “Programação Mostra Jovem”, envolvendo 350 alunos do Ensino Médio na apresentação das atividades do Programa Se Sabe de Repente, realizadas durante o ano de 2013. O evento, realizado na quinta-feira (28), contou com apresentação de vídeos, de instrumentos musicais, dança, peças teatrais, capoeira, entre outros. A articuladora do projeto na escola, que também é professora de Sociologia, Mara Gondim, explicou que o tema teve como objetivo apoiar as expressões juvenis, além das discussões de assuntos da atualidade sugeridos pelos próprios alunos.

Dentre os temas debatidos na escola, estão redes sociais, tecnologia, violência, drogas, sexualidade, bullying, racismo, maioridade penal e ação solidária com doações de material de higiene pessoal, recolhido pelos alunos e doados a instituições filantrópicas”, informou a professora. Conforme avaliou a professora, o projeto Se Sabe de Repente contribuiu muito para a diminuição da evasão escolar, contou com o interesse e participação dos alunos e com a formação do grêmio estudantil, que a escola não tinha há mais de 10 anos.

A representante da 1ª Gerência Regional de Educação (GRE), Francisca Márcia, fez uma avaliação positiva da implantação do “Se Sabe de Repente”, nas 25 escolas da 1ª GRE, envolvidas no projeto. “Está repercutindo muito bem entre o público jovem, que é o alvo do projeto. O envolvimento dos alunos é surpreendente e aproveitamos para reforçar a solicitação do envolvimento dos gestores escolares” ressaltou.

O aluno da 2ª série do Ensino Médio Marcios Lopes Ugulino, considera positiva a implantação do “Se Sabe de Repente” na escola, “por discutir as várias maneiras de tratar os problemas da atualidade. É um prazer participar do projeto por ser uma ação gratificante para os alunos, por nos sentirmos parte do processo e fazer com as coisas aconteçam na escola, fruto de nossas ações”, destacou.

A aluna da 1ª série Ketlin Keite de Brito analisou o projeto como importante para ser discutido na escola por tratar de temas que interessam aos jovens, dando mais responsabilidade aos envolvidos para desenvolverem ações de interesse da comunidade escolar.

Se Sabe de Repente” – O Projeto de Apoio à Expressão Juvenil faz parte do Plano de Gestão Paraíba Faz Educação e foi lançado este ano numa iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e demais representações do poder público e sociedade civil.

O objetivo é desenvolver, no Estado da Paraíba, espaços pedagógicos de discussão de temas importantes para os jovens, de modo a permitir formas próprias de interação, expressão e participação das diferentes juventudes na sociedade. Por meio do projeto o Governo pretende estimular o envolvimento dos jovens na construção e fortalecimento da identidade coletiva da juventude de cada região e do Estado da Paraíba, incentivando e reafirmando o protagonismo juvenil e a aquisição de espaço de participação por parte desse segmento social para contribuir com a diminuição da vulnerabilidade às drogas, ao crime e à violência.

No primeiro momento, o projeto está sendo destinado a estudantes das Escolas Estaduais de Ensino Médio Regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Ensino Médio, localizadas nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Cajazeiras. Em João Pessoa o projeto acontece em 25 escolas de Ensino Médio; em Campina Grande, 15 escolas de Ensino Médio participarão do projeto; em Patos são cinco escolas e em Cajazeiras mais cinco escolas.