João Pessoa
Feed de Notícias

Escola encerra ciclo de encontros com pais sobre educação emocional

domingo, 23 de agosto de 2015 - 11:07 - Fotos: 

O último encontro sobre Educação Emocional e Social para Família e Comunidade promovido pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com a Liga pela Paz, da EEEF Francisco Campos, em João Pessoa, aconteceu na sexta-feira (21) e abordou o tema “Família e a construção da autoestima”. O encerramento contou com a presença dos pais e a equipe de professores e gestores da escola responsável pelo projeto.

A diretora da unidade de ensino, Maria José, iniciou o evento com a leitura da carta do secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade de Barros, destacando que o trabalho conjunto entre família e escola é o que vai permitir a construção da sociedade  baseada no cuidado, proteção e garantia dos direitos humanos. Em seguida, o tema do encontro foi trabalhado a partir de várias dinâmicas e mensagens de reflexão sobre a importância do elogio para a autoestima. Também foram distribuídos vários presentes, inclusive o DVD “Emoções na Família”, discutido durante os encontros.

A consultora pedagógica do Liga pela Paz na Praíba, Caren Oliveira, lembrou que os pais são sempre chamados para a escola para ouvir reclamações sobre os filhos, mas nunca para tratar dos seus sentimentos, e este era o objetivo desta etapa do projeto Liga pela Paz na rede de ensino do Estado.

“Antes o meu filho era agressivo porque eu não era paciente, por causa do Liga pela Paz, eu mudei, por isso meu filho mudou”, declarou emocionada uma participante. “A gente acha que nossa obrigação com filho é alimentar e castigar, aqui aprendi a desenvolver a paciência, a me comunicar com meus filhos, orientá-los. É muito importante esta convivência entre a família e a escola”, observou outra mãe.

“Gostaria que o Liga pela Paz chegasse a todas as escolas, porque existem muitas famílias desestruturadas que precisam muito da mensagem  desse  projeto. Aprendi o quanto é importante ouvir o filho, antes de castigar, porque uma boa conversa pode evitar um terrível trauma. É importante também acompanhar na escola, não apenas largar na porta e nem procurar saber como os filhos estão”, disse Flávio César, pai de um aluno.

Encontros de Educação Emocional e Social para Família e Comunidade: ao todo estão envolvidas 622 escolas da rede estadual de ensino de 187 municípios paraibanos das 14 Gerências Regionais de Educação (GRE), beneficiando, aproximadamente, 180 mil famílias de alunos do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede estadual de ensino.

Nos encontros não são discutidos assuntos relacionados à rotina da escola, mas temas que remetem à reflexão sobre o diálogo, autoestima e perdão, que são trabalhados com os pais dos alunos.

Desde 2014, a metodologia Liga Pela Paz, em parceria com o Programa Primeiros Saberes da Infância (PSI), deu início a uma nova fase da escola pública paraibana: a criação de uma cultura de paz e não violência nas escolas. A Inteligência Relacional é uma organização cujo foco principal está voltado à Educação, particularmente, à Educação Emocional e Social no contexto da redução da violência e melhoria da aprendizagem de crianças, jovens e adultos. Fundada em 1992, é pioneira no Brasil em pesquisa, criação de material pedagógico, formação de educadores e desenvolvimento comunitário.