Fale Conosco

5 de outubro de 2012

Escola de Gestão Penitenciária passa por reforma e recebe novo anexo para instalação dos Conselhos Penitenciários



As obras de reforma e ampliação da Escola de Gestão Penitenciária da Paraíba (Egepen-PB), localizada no bairro de Jaguaribe, na Capital, estão em fase de acabamento. As novas instalações irão facilitar os processos de formação e capacitação dos agentes e servidores da Secretaria de Administração Penitenciária. Os serviços estão sendo coordenados pelo setor de engenharia da Secretaria com recursos próprios e  visam ampliar e melhorar a qualidade das ações e cursos oferecidos pelo centro.

O espaço recebeu novo telhado e também passou por uma pintura, além de ganhar um novo anexo com mais três salas, onde serão instalados os serviços dos Conselhos Penitenciários e da Ouvidoria. Essas atividades ocorrem atualmente na sede da Secretaria, no Centro Administrativo do Estado e com o término das obras serão transferidas definitivamente para sede da unidade.

De acordo com a direção da Escola, o Ministério da Justiça, através do Departamento Nacional Penitenciário, fez a doação de novos equipamentos de informática e de refrigeração, que deverão ser instalados após a conclusão da reforma.

“Nós estamos aguardando que essa nova estrutura seja concluída para retomar a capacitação dos servidores, com um nível de qualificação ainda mais adequado as necessidades do sistema prisional. A partir dessas mudanças, as ações continuadas serão ampliadas tanto na área operacional quanto na administrativa.”, destacou Guiomar Ribeiro, diretora da Egepen-PB.

O construtor responsável pela reforma, Dalton Sá, afirmou que 95% das obras já foram concluídas e que agora faltam apenas alguns detalhes do acabamento, além da instalação das luminárias. “Nós precisamos apenas conferir alguns pequenos detalhes de fôrro, piso e iluminação, mas com certeza estaremos finalizando todo o trabalho ainda neste mês de outubro.”, concluiu.

Cursos em 2012 - Os 1.016 agentes penitenciários nomeados em 2012 passaram pela Escola de Gestão Penitenciária durante o curso de formação, antes de assumirem as funções. O curso do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) também está sendo realizado pela unidade, com a participação de 70 agentes, que pretendem atuar na linha de frente de escolta e prevenção dos complexos prisionais. As aulas foram iniciadas no mês de setembro e serão concluídas no próximo dia 16, na sede da Academia de Polícia Civil (Acadepol), em Mangabeira.