João Pessoa
Feed de Notícias

Escola de Alagoa Grande recebe Selo de Educação para Igualdade Racial

sexta-feira, 1 de abril de 2011 - 18:05 - Fotos: 
A Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Firmo Santino da Silva, localizada na comunidade rural de Caiana dos Crioulos, no município de Alagoa Grande, na Paraíba, foi uma das oito escolas premiadas no país com o Selo de Educação da Igualdade Racial 2010. O prêmio foi entregue durante uma solenidade em Brasília. Este ano, foram premiadas oito escolas estaduais e municipais, além de oito secretarias municipais.

A Firmo Santino da Silva está entre as três escolas da comunidade quilombola do Brasil. Lançado em 2010, o Selo da Educação para a Igualdade Racial premiou unidades escolares e secretarias da rede pública que se destacaram na implantação das diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana, tendo como foco a lei 10.639/03 e o Estatuto da Igualdade Racial.

O selo de Educação é uma parceria da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação (Secad), a Organização das Nações Unidas para a Educação a Ciência e a Cultura (Unesco), Fundo das Nações Unidas para a Infância (Umnicef), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

A seleção dos avaliadores foi feita pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) mediante ações desenvolvidas na área, da participação em cursos de aperfeiçoamento, eventos e de publicações produzidas acerca da temática. Na Escola Firmo Santino foram desenvolvidas várias atividades, no sentido de que os professores passassem a aplicar na prática os conteúdos de história e cultura afro-brasileira e africana no currículo escolar.

Para a coordenadora do Programa de História e Cultura Afro-brasileira e Africana, Lúcia de Fátima Júlio, o selo foi o resultado do esforço em manter viva a cultura negra. “O selo foi muito importante para toda a educação da rede Municipal. É o reconhecimento do esforço da prefeitura para a implantação da Lei 10.639/03, que determina a inclusão de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana no currículo escolar do ensino médio e fundamental na rede pública e particular de ensino”, afirmou.

Segundo o professor Waldeci Ferreira Chagas, foram realizadas palestras com professores e alunos, que eram estimulados a desenvolver atividades como contação de estórias. “O propósito de levarmos essas pessoas das comunidades e praticantes da cultura afro-brasileira foi de auxiliar no combate ao preconceito e de mostrar aos professores que existe outro saber, considerado tradicional, além do saber acadêmico, que pode ser utilizado pela escola”, ressaltou.

Todo esse trabalho foi resultado de um projeto de extensão: Cidadania e Indentidades Negras nas escolas. O curso de extensão teve início em abril e concluído em novembro do ano passado. Mais de 100 professores concluíram o curso, que foi uma parceria entre a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Secretaria Municipal de Educação de Alagoa Grande.
    
A Escola Firmo Santino da Silva está localizada na comunidade rural de Caiana de Crioulos, reconhecida pela Fundação Palmares. No local vivem cerca de 200 famílias descendentes de quilombolas.