Fale Conosco

12 de junho de 2014

Escola da rede estadual firma parcerias e inova no projeto pedagógico



A Escola Estadual Bento Tenório de Sousa (Escola do Campo), localizada no sítio Santa Catarina, em Monteiro, tem se destacado pelas suas atividades inovadoras. Além de ser a primeira escola de Ensino Médio no campo da Paraíba, a unidade de ensino firmou parceria com o Programa Ciências sem Fronteiras do MEC e com a Escola de Cuba para o ano de 2015.

Todos os alunos têm a oportunidade de participar de projetos como “Resgatando as Origens”, que consiste na elaboração de um livro sobre a história da escola, retratando as expressões culturais do local, como dança, cultura cigana e o famoso pífano de Zabé da Loca.

A aula de campo é o diferencial no projeto pedagógico. O vídeo/documentário “Dia de Aulas de Campo” relata a experiência vivida pelos alunos e professores. A ideia do projeto é construir com a vivência no campo a noção de uma escola sem horário fragmentado, em que todas as disciplinas estejam integradas numa só atividade, possibilitando que os alunos tenham uma experiência global e unificada.

O objetivo do projeto é fazer os alunos conhecerem o meio em que estão inseridos, a região, o clima, o relevo, a formação do solo, a vegetação, a fauna e a flora. “É preciso fortalecer a presença do homem no seu espaço geográfico, fazendo com que esse povo se fixe na terra e encontre ali sua identidade, pois os alunos que vão para a zona urbana perdem sua característica rural”, contou o professor Maurismar Chaves.

Durante a aula, os alunos fotografam e registram o passeio, o tipo de vegetação, o uso medicinal das plantas e aprendem na prática. A professora Conceição Souza afirmou que a intenção é que o estudante explore o local em que vive, pois eles se decepcionam na cidade grande, “queremos tirar a mentalidade de que a cidade pode modificar a realidade deles e incentivá-los a trabalhar no campo”, finalizou.