João Pessoa
Feed de Notícias

Equipe do Pará conhece gestão do Cooperar por indicação do Banco Mundial

quarta-feira, 20 de março de 2013 - 18:38 - Fotos: 

Integrantes do Programa de Redução da Pobreza e Gestão dos Recursos Naturais do Pará, conhecido como Pará Rural, participam, durante toda esta semana, de várias atividades voltadas ao conhecimento do modelo de atuação do Projeto Cooperar. A equipe chegou ao Estado nesta quarta-feira (20), depois de indicação do Banco Mundial sobre os investimentos feitos na Paraíba, principalmente na área de inclusão produtiva.

O principal objetivo do intercâmbio é conhecer a forma de trabalho do Cooperar. “Somos iniciantes no Pará, estamos só com seis anos de gestão, sendo que a equipe atual tem apenas seis meses de serviço”, declarou o coordenador da equipe paraense, Antônio Carlos Oliveira. Segundo ele, esse início de visita já mostra o grau de avanço da gestão na Paraíba. “Estamos cheios de expectativa. Vamos levar conhecimento prático para o nosso Estado e acreditamos que as mudanças virão em breve”, afirmou.

O encontro tem como base do encontro o atual contrato do Cooperar com o Banco Mundial, no valor de US$ 20,9 milhões. O acordo garantiu suporte para mais de 450 subprojetos contratados em 148 municípios, nos últimos dois anos. Alguns se encontram em fase de implementação, outros estão na etapa de conclusão, e outros já estão na prestação de contas.

“Para reforçar os exemplos que temos no Estado, convidamos a presidente da Cooperativa de Produtores da Agricultura Familiar de Lagoa de Roça, Maria Nazaré, para falar sobre o planejamento estratégico, plano de negócios e gestão do abatedouro e frigorífico de aves caipiras, que está se instalando naquele município”, disse o gestor do Projeto Cooperar, Roberto Vital.

De acordo com ele, haverá ainda uma exposição, por parte dos consultores do Cooperar, sobre a forma e o conteúdo do sistema online de monitoria e avaliação dos efeitos dos subprojetos produtivos, que influenciam na renda e patrimônio das famílias e suas organizações.

Na sexta-feira, a equipe vai conhecer in loco o sistema produtivo de galinhas caipiras e o abatedouro em construção em Lagoa de Roça. “O trabalho será acompanhado também por lideranças de um projeto de abatedouro de aves de Monteiro, que, assim como em Lagoa de Roça, recebe apoio do Cooperar. Esperamos contribuir com o desenvolvimento do Pará Rural e acreditamos na evolução dos investimentos naquele Estado”, afirmou Vital.