Fale Conosco

12 de fevereiro de 2012

Equipe do Desenvolvimento Humano usa Carnaval para conscientizar contra trabalho infantil



A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh) entra na folia contra o trabalho infantil nesta segunda-feira (13), na prévia carnavalesca Muriçoquinhas do Miramar e Melhor Idade. Cerca de 200 pessoas, entre idosos, crianças e servidores da Sedh, participam do evento, marcado para começar às 16h.

Dois ônibus e duas vans vão levar os idosos ao Busto de Tamandaré, onde haverá o encontro das crianças com a terceira idade. “Estamos aproveitando o momento carnavalesco para enfatizar a temática do trabalho infantil, juntando as duas gerações com alegria e responsabilidade”, frisou a secretária da Sedh, Aparecida Ramos.

Trabalho Infantil – A Sedh tem intensificado as ações na Rede de Proteção da Criança e do Adolescente, com o objetivo de diminuir o índice do trabalho infantil.

Uma das iniciativas foi a renovação da Comissão Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Cepeti) e a realização de seminários nos municípios em parceria com o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti).

A equipe da Sedh realizou, também, as visitas de monitoramento do Programa de Erradicaçao do Trabalho (Peti) nos municípios paraibanos que executam o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV). No Estado, são atendidas cerca de 60 mil crianças e adolescentes pelo Peti.

Plano Estadual – Este ano, segundo a gerente de proteção social especial, Carmen Meireles, a meta, em parceria com o Conselho Estadual da Criança e do Adolescente, é construir o Plano Estadual de Enfrentamento ao Trabalho Infantil. “Com isso, poderemos articular com as demais secretarias e organizações não-governamentais as ações em prol da efetivação dos direitos da criança e do adolescente, preconizados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)”, disse.