João Pessoa
Feed de Notícias

Equipamento que fará dragagem do canal do Porto atraca em Cabedelo

terça-feira, 29 de junho de 2010 - 09:50 - Fotos: 
A draga que fará os trabalhos de aprofundamento do canal de navegação do Porto de Cabedelo já está atracada no cais do porto paraibano.

O equipamento saiu do Rio de Janeiro na semana passada, chegou na noite de domingo em Cabedelo e atracou na segunda-feira (28) por volta das 11h30. Nesta quarta-feira (30), uma solenidade, às 11h, que contará com a presença do governador José Maranhão, do secretário de Planejamento da Secretaria Especial dos Portos, Jorge Zuma, que representará o ministro Sérgio Brito, além de várias autoridades, marcará o início dos trabalhos da draga Hang Jun 3001, da empresa Enterpa, vencedora da licitação para execução das obras.

“A cada nova etapa desta grande obra, damos um passo rumo ao progresso e desenvolvimento da Paraíba, por isso a chegada da draga também foi bastante comemorada, pois ela sinaliza que está muito perto de vermos concretizado uma ação que ampliará as possibilidades de nosso Porto”, comemorou o diretor presidente da Companhia Docas da Paraíba, que administra o Porto, Wagner Breckenfeld.

As obras visam a ampliação da capacidade operacional do terminal portuário com a dragagem do canal de navegação, bem como da bacia de evolução, dragada pela última vez há mais de cinco anos, permitindo que navios de grande calado trafeguem e descarreguem sem riscos devido ao assoreamento. A obra custará o equivalente a  R$ 49,4 milhões e serão financiadas com recursos do PAC.

O terminal paraibano possui um canal de seis quilômetros de extensão, 150 metros de largura e 9,14 metros de profundidade e trabalha com uma limitação de recebimento de embarcações de até 30 pés de calado. “Com as obras de dragagem vamos aumentar o nosso potencial de recebimento para embarcações de 40 pés de calado”, complementa Wagner, lembrando que após a dragagem, a tendência é que o porto aumente o fluxo de recebimento, tendo em vista que estará preparado para o desembarque de até 50 mil toneladas por embarcação.  

A draga Hang Jun 3001 tem 3 mil metros cúbicos, 96 metros de cumprimento e 18 metros de boca (largura) e é um equipamento adequado para as necessidades do Porto de Cabedelo. Wagner explica que o equipamento vai tirar a terra do fundo do rio para aprofundar o canal, inicialmente, através de sucção e depois de retirada de areia com uma espécie de pá mecânica. A expectativa é que os trabalhos da draga durem cerca de 120 dias.

Wagner Breckenfeld destaca, ainda, que a dragagem aumentará também a capacidade de geração de emprego e renda, uma vez que a capacidade de operação do porto também deve crescer proporcionalmente ao aumento de demanda.
 
Os principais produtos que chegam ao porto de Cabedelo são os granéis líquidos (gasolina, álcool e óleo diesel), além do subproduto do petróleo (coque de petróleo) um combustível sólido importado da Venezuela e dos Estados Unidos e utilizado em caldeiras industriais. Além disso, o porto também recebe trigo da Argentina e do Rio Grande do Sul que precisa ser escoado para os estados do Rio Grande do Norte e Pernambuco.

Da Assessoria de Imprensa da Cia Docas