João Pessoa
Feed de Notícias

Engenheiro Carlos Vasconcelos assume diretoria na PBGás

terça-feira, 25 de novembro de 2014 - 18:43 - Fotos: 

O engenheiro civil Carlos Augusto de Vasconcelos, pernambucano com experiência na área de Gás Natural, é o novo diretor técnico comercial da Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS), em substituição a Germano Sampaio de Lucena, que se aposentou e deixou o cargo na última sexta-feira.

Na manhã desta terça-feira (25), o novo diretor se apresentou a todos os colaboradores ao lado do presidente da Companhia, George Ventura Morais, e do diretor administrativo e financeiro, David dos Santos Mouta. Carlos Vasconcelos, que vem do estado do Maranhão onde exercia a mesma função na Gasmar, chega à PBGás pela segunda vez depois de 12 anos. Ele já respondeu por essa diretoria de fevereiro a dezembro de 2002.

Funcionário de carreira da Petrobras, Carlos Vasconcelos foi designado por aquela estatal para o comando técnico e comercial da distribuidora paraibana, já que a Petrobras é um dos três acionistas da Companhia. Os outros dois são o Estado da Paraíba e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, empresa de capital privado, de origem japonesa, que atua no ramo de gás natural em vários estados do Brasil.

O novo gestor já exerceu a mesma função nos estados de Sergipe (na Sergás), Santa Catarina (SCGÁS) e Maranhão (Gasmar). Ele é natural da cidade de Recife e está na Petrobras desde 1990. Na manhã desta terça-feira, após receber as boas vindas do presidente George Morais e do diretor David Mouta, ele agradeceu a recepção, assinou documento de posse e falou da sua satisfação em voltar à PBGás num momento em que a empresa mais investe para atingir metas de eficiência energética e expansão de seus mercados.

O maior patrimônio de uma empresa são as pessoas”, disse Vasconcelos, ressaltando que “as empresas são abstratas, o que as torna ativas são as pessoas. Se tirarmos as pessoas, uma empresa não é nada, e eu tenho a PBGás como um grande exemplo de empresa organizada graças às pessoas que aqui estão atuando. Temos que estar impelidos a busca do melhor. Portanto, chego para somar e espero poder atender a todas as expectativas”.

Ele destacou o trabalho desenvolvido pelo seu antecessor, Germano Lucena: “Substituir um profissional como Germano não é uma tarefa fácil, porque trata-se de um gestor altamente bem capacitado, ético e empreendedor. Eu trago a consciência desse desafio, mas trago também a gratidão por todos os passos da transição que ele me proporcionou, me preparando para compreender a PBGás na posição de desenvolvimento em que se encontra”, finalizou.