Fale Conosco

14 de abril de 2014

Encontro orienta municípios sobre o Programa Academia da Saúde



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza nesta terça-feira (15), das 9h às 16 h, no auditório da Associação dos Plantadores de Cana-de-Açúcar – Asplan, em João Pessoa, o Encontro Academia da Saúde na Paraíba. O evento tem como público-alvo gestores ou responsáveis pelo Programa Academia da Saúde dos 150 municípios contemplados e representantes das Gerências Regionais de Saúde. O objetivo do evento é orientar e tirar todas as dúvidas dos municípios referentes ao Programa Academia da Saúde.

Durante todo o dia serão abordados temas como prazos e responsabilidades das portarias vigentes, infraestrutura dos polos e o processo de implantação do Programa Academia da Saúde, organização do processo de trabalho no Programa e articulação com a rede e os Sistemas de Informação e Monitoramento do Programa: e-SUS, SISMOB, FormSUS e Monitoramentos Semestrais e de Atividades.

O encontro terá a participação de Marcelina Ceolin e Flávia Leite, técnicas do Ministério da Saúde, que estarão dando suporte, auxiliando os municípios com suas dúvidas. “Como a ideia é minimizar as dúvidas dos municípios com relação ao Programa, as técnicas do MS ajudarão quanto a esses questionamentos com relação à infraestrutura desses polos. Além disso, a engenharia da SES também estará presente, e fará o acompanhamento desse processo junto aos municípios”, explicou a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da SES, Gerlane Carvalho.

De acordo com Gerlane, os municípios que estão em processo de implantação do programa, a exemplo de Água Branca e Patos, que estão finalizando, devem entender como finalizar o processo, a questão de cadastramento, habilitação, organização do processo de trabalho, entre outros. “O objetivo dos polos não é só de atividade física. É também um espaço onde deve ser inserida a parte de saúde, junto com a Rede de Atenção Básica, observando o que é necessidade da comunidade, se tem muito obeso, hipertenso, para estar realizando palestras e oficinas sobre estes temas. Também é importante ressaltar a questão de cultura, artes, bordados, e tudo que tiver na região local, para ser inserido”, falou.

Programa – O Programa Academia da Saúde visa contribuir para a promoção da saúde da população, a partir da implantação de espaços públicos construídos com infraestrutura, equipamentos e profissionais qualificados para o desenvolvimento de práticas corporais; orientação de atividade física; promoção de ações de segurança alimentar e nutricional e de educação alimentar, bem como outras temáticas que envolvam a realidade local; além de práticas artísticas e culturais (teatro, música, pintura e artesanato).

Os polos do Academia da Saúde são parte integrante da atenção básica, compondo mais um ponto de atenção à saúde. A organização e o planejamento dos polos são coordenados pela atenção básica e devem ser articulados com os demais pontos de atenção à saúde, além de estar vinculados a um Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) ou a uma Unidade Básica de Saúde (UBS).