Fale Conosco

13 de maio de 2009

Encontro foi adiado porque comandante da PM permanece em Brasília



O comandante da Polícia Militar da Paraíba, Marcos Antônio Jácome Soares de Carvalho, se reúne com todos os comandantes de batalhões, pelotões e companhias do Estado na próxima terça-feira (19), às 9h30, no Comando da PM.

A reunião, antes marcada para a manhã desta quinta-feira (14), teve que ser reagendada por conta da permanência do comandante em Brasília/DF, onde participa de encontros técnico-administrativos na área de Segurança Pública.

O objeto do encontro, que será realizado na Paraíba, é elaborar um plano preventivo de combate à criminalidade, com uma nova metodologia de trabalho para a Polícia Militar, que deve agir de forma integrada com a Polícia Civil no combate ao crime.

“Vamos ouvir os comandantes e depois marcar uma reunião com o Secretário da Segurança, Gustavo Ferraz Gominho, para expor o que foi discutido e as medidas a serem tomadas, pois cabe a nós, que estamos à frente das corporações, administrarmos os efetivos, maior patrimônio das instituiçoes”, disse o coronel Carvalho.

Combate ao crime – Segundo o comandante da PM, a maioria dos crimes de homicídio ocorridos na Paraíba tem relação com o tráfico de drogas. Por isso, a Operação Manzuá em sua reformulação vai receber maior reforço no sentido de impedir a ação de traficantes.

Outras operações com barreiras policiais serão montadas nas divisas da Paraíba com os estados de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, para evitar o tráfico de drogas, de armas de fogo, e roubo de veículo e de cargas.

“Todo o aparato policial existente na corporação será empregado nos pontos mais críticos na grande João Pessoa, com ações de grande porte já nos próximos dias”, adiantou o coronel, acrescentando que o Serviço de Inteligência também será utilizado com maior freqüência em todos os bairros da Capital, para que sejam feitos levantamentos dos pontos de vendas e das pessoas envolvidas no tráfico de drogas.