João Pessoa
Feed de Notícias

Encontro é promovido pelo Ministério Público Federal e trata de temas como perigos e crimes na rede

terça-feira, 15 de setembro de 2009 - 15:47 - Fotos: 

O gerente de Inteligência da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (SEDS), Paulo Josafá de Araújo, representou o secretário Gustavo Ferraz Gominho durante a solenidade de abertura das Oficinas sobre Segurança na Internet, na manhã desta terça-feira (15), na Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, em João Pessoa. O evento, nestas terça (15) e quarta-feira (16), promovido pelo Ministério Público Federal (MPF) e a SaferNet Brasil, tratará de vários temas, entre eles, perigos e crimes na Internet.

Durante a solenidade, a Procuradoria da República na Paraíba assinou termo de cooperação técnica, científica e operacional com a SaferNet Brasil, para formalizar uma parceria já existente entre o MPF e a SaferNet. A finalidade do termo é unir esforços para prevenir e combater a pornografia infantil, a prática de racismo e outras formas de discriminação instrumentalizadas pela internet. Um dos compromissos comuns será o desenvolvimento de estudos e pesquisas para aperfeiçoar tecnologias de combate aos crimes cibernéticos.

Ainda pela manhã, houve palestra ministrada pelo diretor-presidente do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, Demi Getshko, que falou sobre ‘Modelos de Proteção à Criança no Âmbito do Comitê Gestor da Internet no Brasil’. Já o diretor-presidente da a SaferNet Brasil, Thiago Tavares, abordou o tema ‘Combate aos Crimes Cibernéticos Contra os Direitos Humanos no Brasil’.

Nas tardes destes dois dias serão realizadas oficinas sobre ‘O uso responsável e seguro da Internet’, com educadores de instituições públicas e privadas. O evento tratará de temas como: potenciais da internet no Brasil e no mundo, dimensão pública da internet e cibercidadania, perigos e crimes na internet, dicas para se manter seguro e o que fazer em casos de incidentes.

Sérgio Veloso, da Assessoria de Imprensa da Segurança e da Defesa Social