João Pessoa
Feed de Notícias

Encontro discute Sistema Nacional de Ouvidorias

terça-feira, 23 de julho de 2013 - 10:14 - Fotos: 

Discutir a importância das ouvidorias e a participação dos cidadãos nas instituições do Estado. Esses são os objetivos do 1º Encontro Paraibano de Ouvidorias Públicas e Privadas. O evento aconteceu, nessa segunda-feira (22), e reuniu representantes de diversos segmentos da sociedade no auditório do Ministério Público Estadual.

Promovido pelo Fórum Paraibano de Ouvidorias (Fopo) o encontro foi aberto pelo ouvidor do Ministério Público, Doriel Veloso, e comandado pela ouvidora geral do Estado e coordenadora do Fórum, Tânia Brito. Ela enfatizou o papel do cidadão e o poder transformador das ouvidorias. “O maior desafio do ouvidor nos tempos atuais é justamente estabelecer novos paradigmas, fazer com que as ouvidorias cumpram a sua missão transformadora, autônoma, para que a sociedade seja representada e possa interagir com os governos através desse instrumento”, disse.

A palestra de abertura “Propostas para instituição do Sistema Nacional de Ouvidorias” foi proferida pelo professor Rubens Pinto Lyra, um dos protagonistas em ouvidorias no país. Na oportunidade, ele foi agraciado com a honraria de coordenador emérito do Fórum de Ouvidorias da Paraíba pela relevância dos serviços prestados na luta pela democracia e contribuição para a construção de novos instrumentos de controle social no âmbito das ouvidorias públicas.

A existência de um Fórum é extremamente importante e gratificante, porque os ouvidores carecem de espaço, organização e debate. É algo positivo a discussão que ele promove no momento em que temos como proposta do Governo Federal a instituição de um sistema nacional de ouvidorias públicas. Sinto-me extremamente honrado e feliz em merecer essa distinção”, afirmou.

Esse fórum vem em um momento muito propício no qual podemos instigar as instituições que ainda não criaram ouvidorias, porque dá transparência para a gestão e mostra a disposição da instituição em identificar os pontos que precisam ser melhorados, além de reforçar a necessidade da população de querer participar efetivamente da gestão”, constatou a ouvidora do Hospital de Emergência e Trauma, Maria Gorete de Rezende.

O Fórum Paraibano de Ouvidorias foi criado em 2010, com o objetivo de trabalhar a comunicação, educação e integração entre as ouvidorias públicas e privadas do Estado, impulsionando a criação de demais unidades e compartilhando experiências no sentido de avançar como instrumento que assegure os interesses da população.