Fale Conosco

12 de maio de 2015

Encontro discute Prevenção Vertical da Sífilis e HIV com representantes de 29 municípios da Paraíba



O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, promove, nesta terça-feira (12), um encontro com técnicos de 29 municípios para discutir o ‘Plano de Qualificação e Fortalecimento da Prevenção Vertical da Sífilis-HIV’. O evento acontece no Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, referência em tratamento da sífilis e HIV na Capital, e vai contar com técnicos da SES e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

A transmissão vertical (mãe para filho) do HIV, da sífilis e da hepatite B configura-se como desafio para a saúde pública, o que demanda novas estratégias de enfrentamento por parte das políticas de saúde de todo o país.

De acordo com Ivoneide Lucena, Gerente Operacional de DST-Aids e Hepatites da Secretaria de Estado da Saúde, o Plano de Qualificação e Fortalecimento da Prevenção Vertical da Sífilis-HIV visa qualificar os municípios com vistas à melhoria dos indicadores. “Em parceria com a Unicef, vamos buscar uma melhoria significativa, com foco na sífilis. Vamos avaliar o que será construído hoje e, na primeira quinzena de julho, teremos um novo encontro para monitoramento e avaliação do Plano”, destacou Ivoneide.

Segundo Jane Santos, coordenadora do escritório do Unicef no Recife, que abrange os Alagoas, Pernambuco e Paraíba, a instituição promove um trabalho mundial no combate à transmissão vertical da sífilis e HIV. “Em parceria com o Ministério da Saúde, a Unicef dá uma grande contribuição para o fortalecimento dessas ações”, revelou a coordenadora.

Ela ainda disse que a parceria Unicef/MS serve para reforçar as linhas de cuidado e contribuição para o fortalecimento das ações de combate à transmissão vertical do HIV, da sífilis e da hepatite B.