Fale Conosco

31 de outubro de 2012

Encontro discute atuação das delegacias especializadas da Grande João Pessoa



Com o objetivo de tornar o atendimento à população ainda mais eficiente, a delegada geral de Polícia Civil da Paraíba, Ivanisa Olímpio, reuniu os titulares de todas as delegacias especializadas da Grande João Pessoa. Entre os assuntos tratados, estavam as diretrizes de atuação, a elaboração de planos para agilizar o atendimento ao público e a instauração dos inquéritos policiais, além da importância crescente do Disque Denúncia 197 para a resolução de crimes.

Na ocasião, a delegada geral determinou que a Delegacia da Infância e Juventude da Capital, durante o plantão, atenda tanto a crianças e adolescentes que praticaram crimes quanto aqueles que foram vítimas de violência. “Durante o plantão, o delegado vai atender também às vítimas, o que não acontecia”, explica. Em horário normal, a Delegacia de Repressão aos Crimes contra Crianças atende a esses casos. Ainda de acordo com Ivanisa Olímpio,  a Delegacia da Mulher de João Pessoa, durante os plantões, deve responder pela especializadas de Santa Rita, Cabedelo e Bayeux atendendo a casos de violência doméstica e de estupro.

“Havíamos nos reunido com os titulares das delegacias distritais da Região Metropolitana e, nos próximos dias, nos encontraremos com agentes de investigação e escrivães de Polícia Civil. O objetivo é atender às necessidades da população cada vez com mais qualidade e rapidez”, conta Ivanisa Olímpio. Na ocasião, os delegados apresentaram um levantamento estatístico de procedimentos realizados nas respectivas delegacias.

Também participaram da reunião, o delegado geral adjunto, Andre Rabelo, o titular da Gerência  Executiva de Polícia Metropolitana (GEPCM), Wagner Dorta e o gerente operacional Gilson Fernandes.

Na Grande João Pessoa existem atualmente 20 delegacias especializas: de Crimes contra a Pessoa; de Ordem Econômica;  de Ordem Tributária; de Acidentes de Veículos; da Infância e Juventude; de Repressão aos Crimes contra a Criança; de Repressão a Entorpecentes; de Crimes contra o Patrimônio; Roubos e Furtos de Veículos; de Serviços Concedidos; de Meio Ambiente; de Vigilância Geral; de Defraudações Falsificações; do Turismo; de Crimes Homofóbicos, do Idoso e quatro Delegacias da Mulher localizadas na Capital, Santa Rita, Bayeux e Cabedelo.