João Pessoa
Feed de Notícias

Encontro de Jovens Rurais do Semiárido é marcado por troca de experiências

sábado, 30 de janeiro de 2016 - 11:48 - Fotos: 

O Encontro de Jovens Rurais do Semiárido, que ocorre em Campina Grande até este domingo (31), reúne mais de 300 jovens de todos os estados do Nordeste, além do norte de Minas Gerais. O evento é uma realização do Governo da Paraíba, por meio do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase). A proposta central do evento é identificar e fortalecer experiências das juventudes rurais do Semiárido, suas organizações e movimentos dentro dos espaços de formulação, proposição e execução de políticas públicas de juventude, promovendo o intercâmbio entre os territórios rurais do semiárido brasileiro, gerando espaços para troca de experiências, vivências e aprendizagem.

A programação do evento é composta por painéis e câmaras temáticas, oficinas, debates e atrações culturais voltadas para temas como o Plano Nacional de Juventude e o Plano de Sucessão Rural, sendo esses dois dos principais temas debatidos no segundo dia do encontro, que contou com a presença do secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina.

De acordo com Medina, o evento oportuniza a discussão, o espaço dessas juventudes que carecem de políticas públicas afirmativas e efetivas e que precisam estar inseridas no processo de discussão de um novo país. “O Semiárido é uma região historicamente esquecida, mas que possui uma cultura incrível e que mostra um grande potencial para a inovação e, nesse sentido, a juventude possui um papel estratégico. Essa juventude que vem para construir uma perspectiva de um Brasil diferente, rural, sustentável e que possibilitará o protagonismo para esses jovens de um novo desenvolvimento”, afirmou o secretário nacional de Juventude.

A jovem Denise da Silva, do Sítio do Mendonça 3, no município de Juazeirinho, faz questão de reforçar o potencial de desenvolvimento do semiárido e a importância do evento nesse sentido. “São oportunidades como essa que fazem a diferença para nós. O semiárido possui muito potencial, nossa terra é boa e o povo criativo. Com investimento, capacitação e organização da juventude, nós temos condições de melhorar de vida sem sair do nosso território”, explica a jovem de 25 anos.

O Encontro de Jovens Rurais do Semiárido tem como parceiros a Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido (Seafds), o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Projeto Semear, Projeto Procasur, além de diversos movimentos e organizações da sociedade civil ligadas à juventude do campo.