Fale Conosco

14 de maio de 2013

Encontro capacita professores articuladores para o projeto “Se sabe de repente”



see capacitacao de professores para projeto se sabe de repente 11 270x202 - Encontro capacita professores articuladores para o projeto “Se sabe de repente”Vinte e cinco professores articuladores participam até esta terça-feira (14) da capacitação do projeto “Se sabe de repente”. O encontro teve início na segunda-feira (13) e visa formar professores para discutir, com os jovens, temas como saúde, sexualidade e trabalho, a fim de contribuir para a formação integral do estudante. A ação é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da parceria entre as secretarias da Educação (SEE), da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e da Cultura (Secult).

O encontro preparatório acontece no auditório da Escola Estadual de Ensino Fundamental Irmã Severina, em João Pessoa. Durante o evento, são abordados assuntos como violência, sexualidade e drogas, além de temáticas transversais. De acordo com a secretária da Educação, Márcia Lucena, o projeto tem como tarefa principal promover ações que fortaleçam a identidade juvenil para minimizar as problemáticas sociais.

Além disso, as ações vão contribuir com o processo de ensino-aprendizagem e com a ampliação da participação dessa juventude. É importante frisar que esse projeto nasceu a partir de uma interlocução da SEE, Sejel e Secult, que compõem o Comitê Intersetorial de Políticas Públicas para a Juventude da Paraíba”, afirmou.

O secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira, salientou o pioneirismo da iniciativa no Estado. “O projeto é importante porque vai dar a oportunidade aos professores da rede estadual de dialogar com assuntos da ordem do dia da sociedade e também ampliar os horizontes, com o acesso às novas tecnologias da modernidade. Vamos incentivar os jovens a formarem os conselhos municipais de juventude e fortalecer os grêmios estudantis, que são espaços de cidadania e vivência política”, explicou.

A gerente de Recursos Humanos da SEE, Ana Carolina Vieira, destacou que, em 2014, o projeto poderá ser ampliado para todo o Estado. “Queremos ampliar o projeto para todas as 14 Gerências Regionais de Educação para que possamos oportunizar os espaços de interação para todos os estudantes da rede básica do Estado”, disse.

O projeto – Inicialmente, o projeto “Se sabe de repente” vai ser implantado nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Cajazeiras, atingindo um total de 50 escolas de Ensino Médio Regular e de Jovens e Adultos (EJA) e cerca de 1.500 estudantes. O projeto vai acontecer no contra turno das aulas, em 20h presenciais, por meio de oficinas temáticas, interações culturais, implantação e implementação de Grêmios Estudantis e construção do Plano de Ação de Juventude.

O início das atividades dos grupos de discussão vai acontecer nesta quarta-feira (15) e a Mostra Jovem será realizada no dia 10 de dezembro, na Capital. Os grupos de discussão serão formados por turmas com 30 jovens do ensino médio e 01 professor articulador. Do total, vão participar do projeto 25 escolas em João Pessoa, 15 em Campina Grande, cinco em Patos e cinco em Cajazeiras.

O objetivo do projeto é desenvolver, no Estado da Paraíba, espaços pedagógicos de discussão de temas importantes para os jovens, de modo a permitir formas próprias de interação, expressão e participação das diferentes juventudes na sociedade. Por meio do projeto, o Governo pretende estimular o envolvimento dos jovens na construção e fortalecimento da identidade coletiva da juventude de cada região e do Estado da Paraíba, incentivando e reafirmando o protagonismo juvenil e a aquisição de espaço de participação por parte desse segmento social, para contribuir com a diminuição da vulnerabilidade às drogas, ao crime e à violência.