João Pessoa
Feed de Notícias

Encerrados primeiros jogos escolares realizados no Lar do Garoto

sexta-feira, 24 de novembro de 2017 - 17:32 - Fotos:  Divulgação

O encerramento dos 1º Jogos Escolares da história da socioeducação do Estado da Paraíba foi regado a muita emoção. As disputas nas diversas modalidades transcorreram na maior tranquilidade, com a entrega e o respeito entre os jovens que cumprem medidas no Lar do Garoto. A solenidade de premiação para os vencedores ocorreu na tarde dessa quinta-feira (23), em Lagoa Seca.

O presidente da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice Almeida’- Fundac, Noaldo Meireles, disse que nunca viu tanta entrega entre os jovens. “A cada medalha, troféu recebido, eles vibravam como se estivessem num pódio recebendo uma medalha de ouro”, comentou. Ele destacou a dedicação e o comportamento dos jovens durante a realização dos jogos, afirmando que não houve nenhum incidente no transcorrer das disputas.

Na ocasião, Meireles também destacou presenças e agradeceu ao governador Ricardo Coutinho pelo investimento na educação com a implantação da Escola em Tempo Integral na Socioeducação; ao secretário de Educação, Alessio Trindade, por bancar, de fato, o projeto da Escola; a secretária de Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos, por todo apoio e incentivo, desde a sua chegada a Fundação e a direção da unidade juntamente com técnicos, professores, servidores e agentes, pela coragem e ousadia em realizar os jogos.

O diretor da unidade, Luiz Antonio da Silva Sousa, não escondeu a emoção, ao afirmar que este foi mais um dia histórico no Lar do Garoto. Para ele, a realização dos Jogos Internos retratou momentos de alegria, comunhão, lazer e muito respeito. “Foram disputas onde todos tinham como objetivo primordial a competição em si”, disse ressaltando que percebeu nos olhares dos adolescentes a gratidão e a felicidade na realização dos jogos. “Socioeducação é amor, entrega e respeito”, declarou Luiz.

A coordenadora pedagógica do Lar do Garoto, Luzivone Lopes, afirmou que a realização dos jogos aproximou os adolescentes. “Eles firmaram um pacto de paz e venceram ao participar”, disse. Ela destacou também que todos terminaram essa jornada melhores, como adolescentes, e isso é motivo de orgulho. “Ficarão para sempre na história do esporte da socioeducação”, comentou Luzivone.

Ao parabenizar a todos os atletas, comentou que eles mostraram responsabilidade, coragem, garra e muita determinação. “Assim atingimos os objetivos propostos para os jogos de 2017. Brasileiros nunca desistem. Até 2018”, declarou a pedagoga.

Também foram prestigiar esse momento histórico na socioeducação da Paraíba, Fabio Maia, representando também o Governo, o gerente do Senai, Milena Alencar, procuradora do Ministério Público do Trabalho, o vice-presidente da unidade, Josemberg Pereira, entre outros. Durante o evento, também houve falas de agradecimento dos garotos e uma apresentação vocal, regido pelo professor de musica da unidade.

QUALIFICAÇÃO – A Fundac também certificou, na ocasião, 28 jovens que participaram do curso de Operador de Microcomputador. Com o certificado na mão e o aprendizado prático obtido durante o curso, os jovens se credenciam para o mercado de trabalho.