Fale Conosco

13 de agosto de 2013

Empresários e investidores visitam obras do Centro de Convenções



13.08.13 centro de convencoes fotos jose lins secom pb 582 270x202 - Empresários e investidores visitam obras do Centro de ConvençõesUm grupo de empresários visitou, nesta terça-feira (13), as obras de construção do Centro de Convenções “Poeta Ronaldo Cunha Lima”, em João Pessoa. Alguns deles receberam do Governo do Estado o Certificado de Regularidade Jurídica para construírem hotéis no Polo Turístico Cabo Branco e se mostraram impressionados com o projeto arquitetônico da obra.

O empresário pernambucano José Otávio de Meira Lins foi um desses empresários. Ele ficou impressionado com o moderno projeto arquitetônico do Centro de Convenções de João Pessoa e elogiou a iniciativa do Governo da Paraíba, pioneira no Nordeste ao construir um equipamento que considera imprescindível antes da rede hoteleira erguer seus empreendimentos.

13.08.13 centro de convencoes fotos jose lins secom pb 51 270x202 - Empresários e investidores visitam obras do Centro de ConvençõesA Paraíba cometeu um ato totalmente diferente. Simplesmente criou a infraestrutura para que os hoteleiros pudessem chegar com ocupação excelente. Isso aqui é um negócio inédito no Nordeste. Um Centro de Convenções bem planejado e com certeza vai ancorar todos os hotéis do Polo Turístico Cabo Branco com a garantia de boa ocupação”, avaliou Otávio de Meira Lins.

Ele comentou que normalmente os investidores fazem seus hotéis, seus apartamentos e os governos são levados a criarem os centros de convenções, muitas vezes em parceria O empresário é proprietário de dois hotéis em Recife e um em Porto de Galinhas.

13.08.13 centro de convencoes fotos jose lins secom pb 44 270x202 - Empresários e investidores visitam obras do Centro de ConvençõesCom a experiência de muitas viagens a congressos na área turística no Brasil e em diversos países, o empresário do Grupo Meira Lins destacou que uma rede hoteleira necessita de centro de convenções para dar sustentação. Um congresso de cardiologia por exemplo, com cinco mil participantes, equivale a 20 voos charteres totalmente lotados. “O público de convenção gasta cerca de sete vezes mais do que o turista de lazer”, ressaltou o empresário, que já presidiu o Convention Bureau de Pernambuco durante quatro anos.

A visita dos empresários às obras do Centro de Convenções foi acompanhada do secretário executivo do grupo de trabalho do projeto Polo Turístico Cabo Branco, Ivan Burity.