Fale Conosco

7 de julho de 2011

Empreender-PB percorre 14 municípios para mobilizar associações e cooperativas



A gerência operacional do Programa de Apoio ao Empreendedorismo da Paraíba (Empreender-PB) está percorrendo o Estado para mobilizar, realizar inscrições e elaborar planos de negócios de associações e cooperativas.

Na semana passada, foram visitadas oito entidades nas cidades de Pombal, Cuité, Picuí, Nova Palmeira, Cubati e Bananeiras. Até este sábado (9), a gerência do Programa passará por mais oito municípios, totalizando 14 cidades visitadas em dez dias. A expectativa do Empreender-PB é que, até o final do mês, sejam elaborados 40 planos de negócios e os primeiros financiamentos aprovados sejam liberados.

Juazeirinho, Taperoá, Diamante, Catingueira, Piancó, Patos, São José de Espinharas e Campina Grande são os municípios que estão na programação de visitas desta semana. A finalidade destas viagens é identificar a potencialidade das entidades interessadas em participar do Programa e o impacto econômico e social que o Empreender Paraíba pode gerar nas regiões onde houver investimento. “Vamos trabalhar na consolidação de pelo menos 40 planos de negócios até o final do mês. Destes planos serão selecionados pelo menos 25 inicialmente”, revelou o subsecretário executivo do Empreender-PB, Tárcio Pessoa.

Nas seis cidades visitadas pelo Programa na semana passada foi identificada a necessidade de investimento superior a R$ 800 mil. As visitas começaram pelo município de Pombal, no dia 30 de junho, quando Empreender-PB reuniu integrantes de três associações de produtores rurais, sendo que uma delas é localizada em um assentamento da reforma agrária. Os grupos, que envolvem 113 famílias na hortifruticultura, beneficiamento de frutas e apicultura, querem financiar a compra de equipamentos de produção, capital de giro e reforma.

No mesmo dia, o Programa visitou uma associação do ramo de mecânica automotiva, que reúne 20 famílias na cidade de Cuité e pretende construir um pólo de oficinas mecânicas. Já na sexta-feira (1º), o Empreender-PB visitou uma cooperativa agroindustrial, que beneficia frutas no município de Picuí. A cooperativa é formada por 27 famílias e compra frutas de mais de 300 produtores de dez cidades do Seridó e do Curimataú. Para aumentar a produção e atender às exigências da Vigilância Sanitária, a entidade quer recursos para construir um galpão, comprar equipamentos e obter capital de giro.

Também no dia 1º, o Programa foi à Nova Palmeira para visitar o artesão João Batista, cujas peças de madeira fazem sucesso em todo país, já tendo aparecido em novelas e outros programas de TV. Ele procurou o Empreender em busca de recursos para compra de matéria prima por conta do alto número de encomendas que tem recebido. Após esta visita, o Empreender-PB ainda se reuniu com uma associação de produtores rurais, que envolve 80 famílias no beneficiamento de frutas na cidade de Cubati e busca recursos para compra de equipamentos.

Já no último sábado (2), foram visitadas quatro associações da cidade de Bananeiras, que atuam nas áreas de apicultura, piscicultura, agropecuária e agroindústria. Os grupos precisam de investimentos para a aquisição de equipamentos e materiais de produção, formação de Mandallas, capital de giro e capacitação de mão de obra.