João Pessoa
Feed de Notícias

Empreender e Cooperar vão investir no setor mineral

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 - 12:39 - Fotos: 

Mineradores de cinco cooperativas do Seridó paraibano participaram de uma reunião na manhã desta quarta-feira (23) com os gestores dos programas Empreender Paraíba e Cooperar, além do coordenador do Programa de Desenvolvimento da Mineração Paraibana (Promin). O objetivo do encontro, que aconteceu no município de Várzea, é discutir as demandas do setor e assegurar a captação de recursos para melhorar a produtividade e agregar valor aos bens minerais produzidos na região. Aproximadamente oito mil famílias de mineradores poderão se beneficiar com as parcerias a serem firmadas pelo Empreender-PB e o Cooperar.

O encontro será realizado no âmbito do Promin, que é um programa do Governo Estadual implementado pela Secretaria de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), a qual também está vinculado o Empreender-PB. O secretário da Setde, Renato Feliciano, destacou que a iniciativa, realizada em parceria entre a Secretaria, o Empreender-PB e o Cooperar, vai desencadear ações que darão um novo rumo à mineração paraibana.

“Estamos trabalhando em conjunto por determinação do governador Ricardo Coutinho, visando melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores do setor mineral, que é o principal canal de desenvolvimento da região do Seridó paraibano. Com o apoio do Empreender, que vai oferecer crédito para o setor, e do Cooperar, vamos começar a desenvolver efetivamente a mineração paraibana”, declarou Renato Feliciano.

Conforme o secretário executivo do Empreender-PB, Tárcio Pessoa, neste primeiro encontro foram identificadas as necessidades do setor mineral e a partir desta análise é que o programa vai criar linhas de crédito específicas para a mineração. “Vamos tomar ciência do que o setor está produzindo e de como são as suas lógicas de operação para, a partir destas informações, identificar suas demandas e adotar medidas que contribuam para o fortalecimento destes arranjos produtivos”, declarou Tárcio Pessoa.

Um marco para a mineração paraibana – Também parceiro do Promin, o projeto Cooperar é vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). Para o presidente do Cooperar, Roberto Vital, este encontro com os mineradores representa um marco para o projeto, que existe há mais de 20 anos, mas nunca teve ações voltadas para o setor. “O Cooperar está sendo convocado para atuar no setor mineral pela primeira vez e, para que não seja uma ação isolada, nós vamos discutir com os demais parceiros a construção de uma matriz interinstitucional para o desenvolvimento do setor”, afirmou.

Participaram do encontro representantes das seguintes cooperativas e municípios: CoopVarzea (Várzea), CooperJunco (Junco do Seridó), Coomipel (Pedra Lavrada), Coogarimpo (Nova Palmeira) e Coopermineral (Frei Martinho). Também participarão dirigentes da CooperPicuí, que está em processo de formalização.

“Há mais de cinco décadas, o pequeno minerador da Paraíba tem extraído esses recursos minerais sem o apoio de uma política pública efetiva do Governo Estadual. Esse momento é um divisor de águas para o setor”, afirmou o coordenador do Promin, o engenheiro de Minas Marcelo Sampaio Falcão.

As ações do Programa estão concentradas em 17 municípios da mesorregião do Seridó paraibano, onde aproximadamente oito mil famílias estão envolvidas na extração, beneficiamento e comercialização de minérios.