Fale Conosco

7 de julho de 2009

Empasa tem reserva de 2 milhões de alevinos para distribuir com agricultores



As unidades produtoras de alevinos da Paraíba, situadas na Estação de Piscicultura de Itaporanga e berçários da espécie em Patos e Riachão, administradas pela Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), já contam com uma reserva de 2 milhões de filhotes de peixe para os agricultores vinculados às associações comunitárias a fim de repovoarem os seus mananciais.

Segundo o presidente da Empasa, Neto Franca, seguindo a orientação do governador José Maranhão e do secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Ruy Bezerra, a estratégia da estatal é contribuir na oferta de pescado para os agricultores carentes como fonte de alimento e geração de emprego e renda no campo. “Com esta quantidade de alevinos será possível atender 500 produtores”, lembrou.

Mas para ter acesso aos alevinos das espécies carpa, curimatã tambaqui e tilápia, é necessário que os interessados estejam organizados em associações comunitárias e enviar os pedidos com antecedência para a divisão de piscicultura da Empasa no Cristo ou unidades produtoras que efetuarão a entrega das solicitações, cumprindo o cronograma de distribuição pelo setor.

De acordo com o engenheiro de pesca e chefe da divisão de Piscicultura da Empasa, Celso Carlos Duarte, no período de fevereiro a junho deste ano, 402.500 alevinos de carpa, tambaqui e tilápia foram entregues a 610 famílias para o repovoamento de 122 açudes públicos e comunitários em 17 municípios da Paraíba.

A meta da estatal é chegar a distribuir até o final do ano 5 milhões de alevinos, que é a capacidade produtiva da Estação de Piscicultura de Itaporanga, considerada a segunda maior em projeto de fomento à atividade pública no Nordeste, além dos berçários de alevinos de Riachão, Sousa e Patos que contribuem com a produção de filhotes de peixe.

Por mês, as unidades produtoras da Empasa têm a capacidade de produzir 300 mil alevinos.

Assessoria de Imprensa da Empasa