Fale Conosco

8 de outubro de 2011

Empasa reativa programa de distribuição de refeição na próxima terça-feira



O programa Segurança Alimentar e Nutricional da Empasa (Sane), antigo Programa da Sopa, será reativado na próxima terça-feira (11), com a distribuição de sopas de feijão ou carne e rubacão para 200 famílias na Capital, beneficiando um total de mil pessoas. Desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), o Sane tem a finalidade de promover atendimento familiar/social (biopsicossocial), campanhas educativas, oficinas temáticas, cursos de capacitação profissional, palestras educativas, eventos sócio-culturais e eventos solidários.

O trabalho é realizado por uma equipe formada pela coordenadora Edna Cavalcanti, a nutricionista Walkyria Cunha e mais oito funcionários da Empasa. A missão do grupo é colocar em prática ações destinadas a minimizar o estado de desnutrição e de insegurança alimentar de famílias em situação de risco social, vulnerabilidade alimentar e patologias crônicas.

O meio principal de enfrentamento desses problemas tem por base o ato de proporcionar às famílias carentes a ingestão de produtos que contribuam para uma alimentação saudável. Para isso, são elaborados cardápios diversificados e ricos em nutrientes, em um processo que prioriza também o combate ao desperdício.

A promoção da inclusão social dos beneficiários em ações sócio educativas, preventivas, de capacitação e de geração de emprego e renda são também objetivos do programa, que no início da semana estará atendendo a várias famílias carentes no município de João Pessoa. Brevemente, o Sane estará presente em Campina Grande e em Patos, onde existem outras centrais da Empasa que vão se integrar ao programa para intensificar as atividades da área social nessas regiões.

Distribuição – A metodologia adotada pelo programa Segurança Alimentar e Nutricional da Empasa segue etapas de operacionalização na captação, seleção, higienização, armazenamento, pré-preparo, preparo, cocção e distribuição do cardápio – que é variável – sopa ou rubacão.  “A segunda-feira é o dia destinado às organizações não governamentais (ONGs), igrejas ou instituições filantrópicas, desde que seja previamente encaminhado documento de solicitação de inclusão da instituição à presidência da Empasa contendo o número de famílias e pessoas a serem atendidas”, explica a nutricionista Walkyria Cunha.

Segundo ela, entre as terças e quintas-feiras cada família recebe, no horário das 10h ao meio dia, 1 litro e meio de sopa – equivalente a 513,72 kcal de carne com legumes e 474,13 kcal de feijão com charque – ou 1 quilo e meio de rubacão – 875,35 kcal. Já a sexta-feira é o dia destinado a desinfecção total da área da cozinha industrial, equipamentos, banheiros, gabinetes e áreas adjacentes.

Atualmente, em João Pessoa, são atendidas comunidades dos bairros do Cristo Redentor, Boa Esperança, Riacho Doce, Vale das Palmeiras, Novo Horizonte, Bela Vista, Sítio Laranjeiras, Citex, Loteamento João Paulo, Três lagoas, Grotão e Bairro dos Novais.

Critérios de participação – Para serem beneficiadas com as ações do programa Sane, as famílias devem realizar um cadastro sócio econômico para informar sobre questões como número de pessoas, situação dos seus membros no mercado de trabalho, nível de escolaridade, e se estão inseridas em outros programas sociais. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3218-6889.