Fale Conosco

27 de fevereiro de 2013

Empasa já beneficiou 13,9 mil produtores com ração subsidiada



raçao animal foto francisco frança (5)O Governo do Estado, por meio do Programa Emergencial de Manutenção do Rebanho Paraibano, já beneficiou 13.900 produtores com a venda subsidiada de 8.625 toneladas de ração animal, que inclui farelo de soja, torta de algodão e silagem de milho ou sorgo. A ação é executada pela Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa).

Para garantir a ração ao preço subsidiado o Governo do Estado investiu até agora R$ 14,5 milhões, sendo R$ 7,5 milhões do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep) e R$ 7 milhões em recursos próprios.

O diretor de Operações da Empasa, Felipe Adelino, informou que a partir de março mais um ponto de venda subsidiada da ração vai ser aberto, desta vez no município de Princesa Isabel, em parceria com a prefeitura local. Atualmente, a ração pode ser adquirida nos municípios de Campina Grande, Monteiro, Picuí, Patos, Pombal, Itaporanga, Catolé do Rocha, Sousa e Cajazeiras.

O programa emergencial é uma das ações de convivência com a estiagem e objetiva contribuir com a alimentação dos rebanhos devido à escassez de ração natural no campo. A saca com 50 kg de torta de algodão é vendida a R$ 30,00 e a de farelo de soja custa R$ 40,00. A silagem de milho e sorgo é repassada a R$ 0,30 o quilo.

Dentre os produtores que adquirem a ração estão 40 associações de produtores que fornecem para o Programa Leite da Paraíba. Os produtores têm acesso à compra subsidiada a partir do cadastro da compra do milho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Quem ainda não tem esse cadastro apresenta a carteira de identidade e efetua sua inscrição. As pessoas recebem o boleto nos escritórios da Empasa, vão ao banco, fazem o pagamento e, em seguida, se dirigem aos pontos de venda para pegar a ração.

Ração grátis – O Governo também distribui ração gratuitamente, numa ação da Secretaria de Infraestrutura, por meio da Defesa Civil Estadual.

O Programa de Distribuição Animal Gratuita é uma iniciativa pioneira no país. O projeto teve início em julho de 2012, distribuindo 19 mil toneladas até dezembro. Em 2013, o programa ganhou mais incentivo e está distribuindo mais 10 mil.