Fale Conosco

4 de fevereiro de 2014

Emepa realiza evento em prol da agricultura familiar e do meio ambiente



Com o objetivo de socializar conhecimento, tecnologia e insumos para a agricultura familiar, o Governo do Estado, por meio da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa), realizou, na manhã desta terça-feira (04), na Estação Experimental José Irineu Cabral, um encontro com pequenos produtores e associações rurais. Durante o evento, intitulado “Emepa & Agricultura Familiar – socializando a fruticultura e o meio ambiente”, foram realizadas oficinas de capacitação, distribuição de mudas frutíferas, mostra tecnológica e ainda foi oferecido um lanche com produtos derivados da carne do caju.

Os agricultores e representantes de associações rurais puderam conferir as tecnologias e pesquisas desenvolvidas pela Emepa, que são voltadas para o incentivo da fruticultura. Também participaram de oficinas de produção de mudas, métodos de enxertia, micropropagação da palma forrageira e aproveitamento da fibra do caju para a fabricação da “carne”.

Esta ação visa contribuir com a preservação do meio ambiente, através do incentivo da fruticultura, e ainda estimular uma melhor qualidade de vida e uma renda extra para as famílias que fazem parte de assentamentos e pequenos agricultores da Paraíba.

Distribuição de mudas – Durante o evento, os produtores cadastrados na Emepa foram contemplados com mudas frutíferas de caju, maracujá, goiaba e mangaba. A distribuição dessas mudas faz parte do projeto financiado pelo Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza – Funcep-PB, que tem como proposta formar pomares domésticos em assentamentos. Na oportunidade, a Emepa disponibilizou mil plantas frutíferas para serem distribuídas entre os participantes.

O presidente da Emepa, Manoel Duré, explica que o projeto do Funcep tem como público alvo famílias de assentamentos rurais e pequenos produtores do Estado que foram antecipadamente cadastrados na Emepa. Os produtores particulares ou órgãos públicos que desejarem adquirir plantas frutíferas, a Empresa está começando a produzir novas mudas para serem comercializadas.

Gastronomia – Os agricultores participaram de uma oficina de produção de carne feita a partir da fibra do caju e puderam conferir pratos, como coxinha e cachorro-quente, que levam como matéria prima base esta “carne”. De acordo com a nutricionista Edvirges Marcos, a “carne de caju” é uma boa pedida para as pessoas que são vegetarianas e que querem perder peso, pois é um produto com pouca caloria. Essa receita também é muito rica em fibra, já que o caju não perde suas características nutricionais.

O evento foi realizado em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap-PB) e com o Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza – Funcep-PB. Participaram do encontro o secretário de Agricultura, Rômulo Montenegro; o coordenador-geral do Cooperar, Roberto Vital; a prefeita de Pilões, Adriana Andrade; o presidente da Emepa, Manoel Duré, além de diretores e técnicos da Empresa, produtores e representantes de associações rurais.