João Pessoa
Feed de Notícias

Emepa e Embrapa reforçam cooperação nas áreas de caprinos e ovinos

sexta-feira, 23 de maio de 2014 - 17:53 - Fotos: 

Pesquisadores da Embrapa Caprinos e Ovinos visitaram a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa), nesta quinta-feira (22), com o objetivo de promover uma maior aproximação e reforçar a cooperação entre as duas instituições nas áreas de caprinos e ovinos. Em pauta, também foram apresentadas as pesquisas que vêm sendo desenvolvidas pela Emepa no projeto Agrocapri.

A equipe da Embrapa foi recebida por diretores e pesquisadores da Emepa, que fizeram uma breve apresentação sobre o modelo alternativo de sistema de produção que está sendo desenvolvido em prol da caprino e ovinocultura no semiárido nordestino.

Na reunião, os pesquisadores falaram um pouco sobre a nova estrutura que está sendo trabalhada dentro da Embrapa, que prevê uma formação de Redes de Projetos, com o intuito de discutir as possibilidades de integração entre as instituições.

Para o pesquisador da Embrapa, Olivardo Facó, há possibilidades de contribuição entre as duas instituições, porque existe uma complementaridade de esforços entre o que a Embrapa e Emepa vêm fazendo, como ainda de recursos humanos e de infraestrutura. “Ficamos muito satisfeitos com a abordagem que está sendo dada ao Projeto Agrocapri, em busca de se ter uma visão sistêmica do processo de produção de carne e leite de pequenos ruminantes, sempre com uma abordagem multidisciplinar das diversas áreas. Uma maior integração entre as instituições possibilitará gerar tecnologias que apontem alternativas para melhorar a renda e a condição de vida do produtor.

Estações Experimentais – Os pesquisadores da Embrapa visitaram a Estação Experimental Benjamin Maranhão, em Tacima, onde estão sendo trabalhados dois subprojetos que fazem parte do Agrocapri e conhecer outros trabalhos da Emepa.

Segundo o diretor técnico da Emepa, Wandrick Hauss de Sousa, essa reunião foi muito importante, pois mostra a importância do trabalho que a Empresa está desenvolvendo não só para a Paraíba, mas que terá abrangência também em todo o semiárido nordestino. “Nossas pesquisas não serão vista apenas como algo local, mas começa a ter uma aplicabilidade em outros estados que têm as mesmas condições do semiárido. Essa parceria com a Embrapa, só enriquecerá a caprinovinocultura e quem ganhará com isso é o produtor rural”, comenta Wandrick.

Em julho deste ano, diretores e coordenadores do projeto Agrocapri farão uma visita a sede da Embrapa Caprinos e Ovinos, em Sobral-CE, para apresentar os resultados e as ações de cada subprojeto e pontuar quais possíveis as colaborações entre as duas instituições visando o fortalecimento das áreas de caprino e ovinocultura.