João Pessoa
Feed de Notícias

Emater reúne coordenadores regionais para avaliar ações e projetar metas para 2017

sexta-feira, 3 de março de 2017 - 16:15 - Fotos:  Secom PB

Discutir e avaliar procedimentos de implementação do Programa de Energia Solar na agricultura familiar com recursos do Pronaf Eco é um dos principais objetivos do encontro de coordenadores regionais da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), que acontecerá nesta terça-feira (7), em Cajazeiras, no Alto Sertão. O evento começa às 8h, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, e será aberto pelo presidente da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, Nivaldo Magalhães.

Conforme a programação, após a abertura, o coordenador regional da Emater em Itabaiana, Paulo Emílio de Souza, fará uma explanação do primeiro projeto de energia solar fotovoltaica, instalado há pouco tempo no município de Ingá, resultado do acordo de cooperação técnica entre o Governo do Estado e Banco do Nordeste, com execução da Emater.

O projeto foi instalado no Sítio Caldeirão, de propriedade do agricultor José Francisco, que trabalha com bovinocultura de leite e de corte, além da produção de silagem para alimentação do rebanho.  Com um custo de R$ 21.340,80, o projeto foi implantado no sistema On Grid, ou seja, ligado diretamente na rede elétrica, com geração de 300kwh/mês, suficiente para atender as demandas da propriedade, como também gerar bônus para descontar em outras unidades de consumo de energia pertencentes ao beneficiário.

Balanço – A exemplo do que ocorre nos encontros regionais a cada três meses, o coordenador regional de Cajazeiras, Edilson Pereira, fará um balanço das atividades em sua região. Em seguida, os participantes discutem e avaliam todos os trabalhos realizados pela Gestão Unificada no Estado.

Ao final do encontro, os coordenadores apresentarão à diretoria colegiada da Emater uma pauta de sugestões e procedimentos, cuja finalidade é propor um nivelamento e uniformização dos protocolos dos trabalhos técnico, gerencial e administrativo das 15 coordenadorias regionais. A iniciativa é fruto de um fórum de debates criado há poucos dias em Campina Grande, pelos próprios coordenadores.

Na avaliação do presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Magalhães, a energia solar é uma alternativa para os agricultores familiares melhorarem a renda e a qualidade da produção. Ele informa que o agricultor interessado em participar do programa deve se dirigir ao escritório da Emater de seu município munido de documentos pessoais e do imóvel rural, Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), além da proposta de viabilidade técnica e econômica. Atendendo esses critérios, as agências do Banco do Nordeste em todo o Estado estão aptas a contratar o financiamento. “Dependendo da demanda das famílias agricultoras, o BNB poderá injetar 50 milhões no crescimento da agricultura familiar da Paraíba, num período de cinco anos” justificou.