Fale Conosco

20 de novembro de 2012

Emater reúne agricultores familiares para discutir transição agroecológica



A Unidade Operativa da Emater Paraíba no município de São Miguel de Taipu, região administrativa de Itabaiana, realiza nesta quarta-feira (21) uma oficina sobre transição agrocoecológica com os agricultores familiares da região do baixo Paraíba. A oficina, sob o tema “Vivência em Cultivos Agroecológicos”, vai apresentar algumas práticas agroecológicas desenvolvidas pelas unidades familiares da comunidade sítio Corredor, na zona rural do município. Estas práticas incluem a elaboração de biofertilizantes e defensivos alternativos para que o homem do campo evite usar insumos que prejudicam o meio ambiente.

Na ocasião, será apresentado um vídeo sobre os perigos e as consequências da utilização de venenos na produção agrícola. Os agentes do Banco do Nordeste, que são parceiros dos trabalhos da extensão rural desenvolvidos pela Emater Paraíba, participarão do evento explanando sobre as linhas de crédito rural existentes do Pronaf e fazendo renegociações de dívidas.

A extensionista Eyde Simões, responsável pela Emater em São Miguel de Taipu, disse que também serão esclarecidas as formas de comercialização dos produtos da agricultura familiar, inclusive sobre o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que já foi implantado no município com a articulação da Emater.

O evento acontecerá na comunidade Sitio Corredor, com início previsto para as 8h. Os temas abordados são diversificação da produção, preservação dos recursos naturais, segurança alimentar, curvas de nível, poda de árvores, sementes crioulas (sementes da paixão), orientações sobre como não usar produtos químicos na produção de alimentos, biofertilizantes, uso de defensivos agroecológicos, quintal produtivo (criações), banco de proteína, produção e conservação de forragem, cobertura morta, equilíbrio do sistema de produção com plantas de experiências, associativismo e comercialização da produção ao PAA e Pnae.