Fale Conosco

11 de novembro de 2011

Emater reúne agricultores familiares de algodão orgânico em dia de campo



dia de campo em juarez tavora foto antonio david (2)O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e da Emater Paraíba – em parceria com a Embrapa Algodão –, promoveu nesta sexta-feira (11) um dia de campo com o tema “Algodão Orgânico na Agricultura Familiar”, no Assentamento Margarida Maria Alves, em Juarez Távora, região do Agreste paraibano. Foi um momento em que agricultores familiares trocaram experiência e refletiram sobre a possibilidade de consolidar a atividade, que mudou a qualidade de vida de muitos na região.

Durante o evento, técnicos da Embrapa e da Emater Paraíba proferiram palestra para os agricultores sobre o sistema de cultivo, manejo ecológico de insetos, beneficiamento e comercialização. Também foram parceiros no evento a Associação dos Produtores do Assentamento Margarida Maria Alves, a ONG Arribaçã e a Cooperativa de Produção Têxtil e Afins do Algodão (Coopnatural).

dia de campo em juarez tavora foto antonio david (4)O trabalho coletivo desenvolvido pelos agricultores no assentamento é considerado modelo em todo o Nordeste e se destaca pela maneira como são colocadas em prática as orientações da extensão rural. O presidente da associação de produtores, Luiz Rodrigues da Silva, disse que a forma coletiva do cultivo do algodão tem permitido melhorar a renda das famílias. “A área plantada com algodão branco trabalhada pela Emater é de 100 hectares. A produção é estimada em 60 toneladas, beneficiando 37 famílias no sistema coletivo, que já têm a comercialização garantida pela Coopnatural, a preço médio de R$ 5,00 o quilo”, disse.

A Emater mobilizou 198 agricultores familiares, sendo que, destes, 75 trabalham com o algodão agroecológico numa área de 107 hectares, em 16 municípios, com expectativa de produzir 64 toneladas de algodão em rama e pluma.

dia de campo em juarez tavora foto antonio davidO evento contou com a participação do secretário executivo da Agricultura Familiar, Alexandre Araújo; do diretor técnico da Emater, Erasmo Lucena; do assessor José Joacil dos Santos; do chefe-geral da estação da Embrapa Algodão em Campina Grande, Napoleão Esbernard Macêdo Beltrão; e de pesquisadores. As ações da Emater com a cultura integram o planejamento da Rede Paraíba de Algodão Agroecológico.