Fale Conosco

9 de outubro de 2012

Emater promove mutirão para atender agricultores familiares de Santa Cecília



Pelo menos três mil pessoas, agricultoras e agricultores familiares, residentes na zona rural de Santa Cecília ou que tenham alguma ligação com o campo, serão beneficiadas com ações do mutirão que a Emater Paraíba promove a partir desta terça-feira (9) e que integram as comemorações do seu aniversário de 57 anos de fundação, ocorrido dia 30 de setembro. O objetivo da iniciativa é fornecer ao público beneficiário informações sobre os serviços básicos de saúde, assistência psico-social, acesso às políticas públicas rurais, capacitação e entretenimento.

Com coordenação dos escritórios da Emater regional de Campina Grande e local de Santa Cecília, os mutirões da agricultura familiar têm como tema “Valorização do homem do campo através dos serviços de assistência social, saúde e agricultura”.

Os extensionistas vão orientar os agricultores como obter acesso às políticas públicas, a exemplo do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Pronaf, Bolsa Estiagem e Garantia Safra. Serão feitas também inscrições para o Garantia Safra 2012/2013, elaboração de propostas de crédito do Pronaf, além de apresentações culturais de diversas modalidades.

Programação – O primeiro evento aconteceu nesta terça, na Capela da Comunidade Cecília de Cima, destinado às famílias agricultoras da localidade Pororoca. Na quinta-feira (11), as atividades ocorrem na Capela da Comunidade Boi Seco de Baixo, atendendo também as comunidades Boi Seco de Cima e Barro Vermelho. Para o dia 17 deste mês, a programação será desenvolvida na Capela da Comunidade Samambaia, atendendo ainda a Comunidade Samambaia de Baixo.

A programação do dia 18 será na Escola da Maniçoba, onde também estará presente a Comunidade Riacho da Cruz. No dia 24, acontece na Escola da Comunidade José de Moura, atendendo também as comunidades de Mandassaia, Aleixo, Três Riachos e Seriema. No dia 25, o evento atenderá a Comunidade da Mata Massapê e no dia 13 de outubro, o encontro se dará na Igreja da Comunidade Pedra Branca, onde também estarão presentes as comunidades Embebedo, Macacos, Capim de Planta e Brejo de Dentro. No dia 1º de novembro, o encontro será na escola da Comunidade Salgadinho, também atendendo as comunidades Melancia e Cumati. O encerramento será no dia 7 de novembro, na comunidade Lagoa do Barro, atendendo ainda Ramada e Conceição.