Fale Conosco

9 de abril de 2012

Emater promove curso sobre agroecologia para preparar agricultor familiar



A produção de alimentos orgânicos está se expandindo pelos municípios da Paraíba e agora chega ao Sertão, por meio do trabalho de conscientização feito pela Emater-PB. A empresa, que é vinculada à Secretaria de Estado da Agropecuária e da Pesca (Sedap), tem promovido reuniões com os agricultores familiares para mostrar a importância dessa prática agrícola, que permite o seu credenciamento como fornecedores do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

A proposta foi discutida na semana passada, no município de Catolé do Rocha, no auditório Geraldo Vandré, do Campus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), numa ação conjunta do Projeto Xiquexique (Visão Mundial) e o Governo do Estado, por intermédio da Emater.

O coordenador do escritório regional da Emater na cidade, Geraldo dos Santos, ministrou um curso sobre agroecologia para produtores de base familiar, estudantes de licenciatura em Ciências Agrárias e técnicos da própria Emater. Durante o evento, foram repassados conhecimentos técnicos e práticos sobre agricultura orgânica, com trocas de experiências que permitem a construção do desenvolvimento sustentável da agricultura familiar.

A programação constou de debate sobre o modelo da agricultura de base ecológica, fundamentos e princípios agroecológicos e de conservação ambiental, adoção do novo paradigma da agricultura de base ecológica, transição agroecológica na agricultura familiar, conceitos e princípios básicos da agricultura orgânica. Outros temas abordados foram a expansão da agricultura orgânica no mundo, o mercado e o consumo de alimentos orgânicos, a agricultura orgânica no Brasil e a produção e uso de fertilizantes na agricultura orgânica.

Ao final do curso, foi realizada visita à Estação Experimental Agroecológica da Escola Agrotécnica do Cajueiro, em Catolé do Rocha, onde acontecem pesquisas na área da agricultura orgânica, enfatizando o uso de adubos orgânicos no crescimento e produção de diversas culturas, tais como bananeira, coqueiro, videira e feijão, entre outras.