Fale Conosco

16 de novembro de 2011

Emater planeja ações para 2012 com coordenadores regionais



O ano ainda não terminou, mas a Emater Paraíba, empresa vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), já se prepara para 2012. Começam nesta quarta-feira (16), e vão até sexta-feira (18), as discussões sobre as ações de assistência técnica e extensão rural que deverão integrar o Plano Anual de Trabalho (PAT), no ano que vem. O encontro acontece em Patos, no alto Sertão, e envolve a diretoria, chefes de núcleo da empresa e coordenadores regionais e estaduais.

Para melhor nivelamento das discussões, o presidente da Emater, Geovanni Medeiros, que está coordenando os trabalhos, reuniu com o mesmo propósito, semana passada, os gestores das coordenadorias, chefes de núcleos do escritório central e representantes do Sindicato dos Engenheiros Agrônomos, Veterinários e Zootecnicistas dos Entes Públicos do Estado da Paraíba (Sinavez) e do Sindicato dos Trabalhadores em Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Sinter-PB).

Seguindo as orientações do Governo do Estado, por meio da Sedap, o trabalho da Emater deverá focar, entre outras ações, políticas públicas, agroecologia, crédito rural, chamadas públicas, conhecimento e tecnologia para aumentar a produção e a produtividade, melhorar a renda das famílias agricultoras e, com isso, garantir a sustentabilidade da agropecuária e a qualidade de vida de milhares de paraibanos.

Sigater – Integra também a pauta da reunião o Sistema Integrado de Gerenciamento e Acompanhamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Sigater). O coordenador de Operações da Emater, Jailson Lopes, vai mostrar como será implementado o novo sistema na sua totalidade a partir de 2012.

A ferramenta, que está servindo de modelo para outros Estados por recomendação do Ministério do Desenvolvimento Agrário, além de subsidiar o governo do Estado e suas vinculadas (Emater, Emepa, Interpa, Empasa) na tomada de decisões e no planejamento dos serviços de Ater, garante eficiência no diagnóstico das propriedades rurais e na capacidade de organização de informações da agricultura familiar e de sua produção agrícola. Permite também acompanhar a evolução dos indicadores sociais, econômicos, ambientais e de avaliação das ações de assistência técnica e extensão rural.

Participam do encontro, além de diretoria colegiada da Emater, representada pelos diretores presidente e técnico, respectivamente, Geovanni Medeiros e Erasmo Lucena, e os coordenadores regionais da Emater em Areia, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Patos, Picuí, Pombal, Princesa Isabel, Serra Branca, Solânea e Sousa.