João Pessoa
Feed de Notícias

Emater participa de elaboração de projetos de dois cursos da UFCG

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 - 16:55 - Fotos: 

Dois cursos gratuitos com 80 vagas, sendo um de nível médio e outro de especialização lato sensu na área de manejo ecológico e conservação do solo e da água, que contaram na elaboração com a assessoria de técnicos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-PB), começaram esta semana a ser divulgados internamente pela empresa. Os treinamentos foram aprovados em dezembro do ano passado, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e serão ministrados no segundo semestre deste ano pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

O projeto de capacitação foi apresentado à diretoria da Emater-PB na última semana e através dele serão disponibilizadas 40 vagas para as pessoas de nível médio ou superior em ‘Manejo Ecológico e de Conservação dos Solos e da Água’ e 40 para os técnicos de ensino superior em ‘Manejo Integrado de Bacias Hidrográficas no Semi-árido’.

Solos e água – O primeiro curso terá uma carga horária de 88 horas, exclusivamente com aulas presenciais e será ministrado em duas semanas consecutivas na UFCG em Campina Grande, e o segundo terá 455 horas dividido em 12 meses com aulas à distância e presenciais. Ainda está sendo definido o local das aulas presenciais da especialização.

Segundo o professor da UFCG, José Geraldo de Vasconcelos Baracuhy, a participação da Emater-PB na elaboração do projeto foi fundamental para a sua aprovação e atendeu todos os pré-requisitos estabelecidos pelo CNPq. “A proposta de capacitação recebeu elogios do próprio conselho e Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) que terão ainda a responsabilidade de custear as despesas com a hospedagem e alimentação dos alunos, onde o primeiro repasse das verbas já foi feito na primeira quinzena de janeiro”, informou.

Ele adiantou que os cursos serão abertos a todos os profissionais da Emater-PB que terão prioridade no preenchimento das vagas, cuja inscrição acontecerá nos próximos 60 dias. O curso básico será exclusivo para os técnicos da Emater, e o segundo deverá atender prioritariamente os profissionais da empresa. “Eles vão possibilitar a atualização de novas informações da ciência e tecnologia para aplicação no Semi-árido brasileiro, sob a ótica de sustentabilidade e desenvolvimento”, lembrou Baracuhy.

Reciclagem – O presidente da Emater-PB, Hermano Araújo, destacou que a capacitação é uma oportunidade ímpar, sem ônus para os interessados em reciclar os conhecimentos a fim de melhorar a capacidade técnica e operacional em prol da qualidade do serviço prestado ao setor primário na Paraíba. “Agradecemos a prioridade em capacitar os nossos profissionais que já demonstraram qualidade técnica através da participação na formatação do projeto aprovado”, disse.
 
José Geraldo Baracuhy adiantou que a banca examinadora para aprovação das monografias da especialização também contará com a participação de profissionais da Emater-PB e a apresentação dos trabalhos acadêmicos no final do curso deverá ser realizada na sede da empresa na Estrada de Cabedelo. 

O professor da UFCG avisa aos interessados da possibilidade dos matriculados que desistirem do curso, fazer a devolução aos cofres da União no valor de R$ 4 mil o de nível médio e R$ 8 mil o de especialização.

Participaram da elaboração da proposta de capacitação da UFCG, os engenheiros agrônomos da Emater-PB, Verneck Abrantes de Sousa e José Geraldo Rodrigues dos Santos e o engenheiro florestal Robi Tabolka dos Santos.

Da Assessoria de Imprensa da Emater-PB