João Pessoa
Feed de Notícias

Emater Paraíba realiza encontro sobre conquista social da mulher rural

quinta-feira, 6 de março de 2014 - 15:45 - Fotos: 

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) está desenvolvendo em todo o Estado um trabalho de divulgação e conscientização para a mulher rural, com o propósito de informá-la sobre seus direitos e deveres. A ação, que envolve a diretoria colegiada da empresa, as coordenadorias estaduais, os 15 escritórios regionais e os 223 escritórios locais, vai ser intensificada neste mês de março, para celebrar as comemorações do Dia Internacional da Mulher, comemorado neste sábado (8).

Durante todo este mês, serão promovidos mais de 60 eventos entre encontros, dias especiais, palestras e cursos, culminando com o II Encontro Estadual da Mulher Rural, que acontecerá no dia 26, na sede da Emater Paraíba, localizada na estrada de Cabedelo. A importância da mulher no desenvolvimento rural sustentável e políticas públicas para mulheres rurais no cenário atual integram parte das discussões do evento.

A iniciativa, segundo a chefe do Núcleo de Extensão Social da empresa (Nueso), Eliezia Paulino, objetiva desmistificar a concepção de que a mulher é um ser apenas reprodutivo e responsável pelo trabalho doméstico na família. Ela enfatiza que é necessária uma maior divulgação das políticas públicas destinadas à valorização profissional da mulher a fim de que ela possa assumir autonomia na busca de seu espaço na sociedade.

Os trabalhos executados pela Extensão Rural da Paraíba seguem diretrizes emanadas da Política Nacional de Assistência e Extensão Rural (Pnater), responsável pela criação da Rede de Ater para Mulheres.

Cursos – Como parte das comemorações do mês dedicado às mulheres, a Emater realizará cursos sobre formação, igualdade, gênero, geração e etnia para mulheres rurais e agentes de Ater. Os encontros acontecerão no período de 12 a 14 e 17 a 19 de março, na pousada Aruanã, no município do Conde, e tem por objetivo proporcionar aos participantes a troca de experiências e políticas públicas para mulheres rurais, com foco na agricultura familiar, garantindo a multiplicação desses conhecimentos junto com as famílias agricultoras e organizações sociais.