João Pessoa
Feed de Notícias

Emater orienta criadores para usar agave na ração de animais

terça-feira, 25 de junho de 2013 - 09:49 - Fotos:  Secom/PB

A convivência com a estiagem tem levado técnicos a buscar novas alternativas para alimentação do rebanho e, na região do Curimataú, o aproveitamento do agave tem se constituído numa fonte de ração animal bem aceita pelos criadores. Em Barra de Santa Rosa, os extensionistas da Emater estão promovendo encontro com os agricultores para ensinar como aproveitar o sisal como suplemento adicional para os rebanhos.

Na semana passada, nos Sítios Guaribas e Amparo, em Barra de Santa Rosa, numa ação conjunta entre a Emater, Embrapa e Secretaria Municipal de Agricultura, foi realizada uma demonstração sobre práticas de utilização da mucilagem do agave na alimentação dos animais. Estavam presentes 20 agricultores familiares, os pesquisadores da Embrapa Algodão, Manoel Francisco e Isaias Alves; José Daguia Tumaz, da Secretaria Municipal de Agricultura, e o técnico local da Emater, Hermes Gonçalves Jr. Na ocasião, foram feitos exercícios de confecção do feno sobre lona plástica, e a silagem em tambores e no buraco.

A utilização da mucilagem do agave para alimentação animal vem se tornando excelente alternativa, sobretudo em épocas de estiagem prolongada como a que está acontecendo. Foi destacado o seu valor nutricional, que apresenta cerca de 21% de carboidratos e de 6 a 9% de proteína bruta (maior teor que os capins), enquanto o feno e a silagem possibilitam o armazenamento desse volumoso, sem a perda dessas características nutricionais.

A Emater, em parceria com a Prefeitura Municipal de Barra de Santa Rosa, fez o cadastramento dos produtores, levantando a área cultivada, a produção e produtividade e a forma como é conduzida a cultura no município. Hoje, mais de 160 Unidades Familiares de Produção sobrevivem graças à exploração de cerca de 3 mil hectares da cultura.

O encontro faz parte de uma série de ações que culminará em um dia de campo sobre o “Uso do Agave na Alimentação Animal”, a ser realizado entre os meses de julho e agosto deste ano, mas ainda sem data confirmada, no qual os participantes poderão ver o feno e a mucilagem sendo preparados, e já prontos, sendo oferecidos aos animais. As ações são acompanhadas pelo coordenador regional da Emater em Picuí, Fernando Guedes.