Fale Conosco

2 de abril de 2013

Emater integra ações do Governo do Estado nas comunidades quilombolas



Integrada às ações do Governo do Estado nas comunidades quilombolas, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) iniciou levantamento de toda produção agrícola dessa população e vem prestando assessoramento na emissão da Declaração de Aptidão ao Pronaf (Dap). A ação pretende chamar atenção das famílias sobre o acesso às políticas públicas e programas para melhoria de renda.

De acordo com o chefe do Núcleo de Comercialização e Gestão da Emater (NUCEG) Flávio Muller Borghezan, a empresa já faz levantamento da produção para grupos tradicionais, a exemplo das famílias agricultoras que fornecem os produtos oriundos da agricultura familiar e que compõem o cardápio da merenda escolar no Estado por meio do Pnae. Porém, o foco no momento é para a produção dos quilombolas.

Durante o mutirão que aconteceu nas comunidades Mituaçu, Ipiranga e Gurugi I e II, no Conde, os extensionistas Keyla Leal, Isaurinda Nóbrega, Mônica Eleuthério, Juscelino Correia e Kelly Crispim atenderam a cerca de 100 famílias quilombolas do município.

Na Paraíba, o mutirão de busca ativa já identificou 36 comunidades espalhadas em 23 municípios das regiões administrativas da Emater de Guarabira, Areia, Itaporanga, Catolé do Rocha, Pombal, João Pessoa, Solânea, Itabaiana, Serra Branca, Picuí, Princesa Isabel, Patos e Campina Grande.

A iniciativa integra o projeto do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) em parceria com o Governo da Paraíba, por intermédio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), junto com as prefeituras municipais e sociedade civil.