João Pessoa
Feed de Notícias

Emater faz parceria para estimular a avicultura no Estado

terça-feira, 15 de março de 2011 - 11:55 - Fotos: 

Para estimular a expansão da avicultura, um dos segmentos do setor produtivo que mais crescem na Paraíba, a Secretaria da Agropecuária e da Pesca (Sedap), da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) e a Cooperativa Paraibana de Avicultura Alternativa e Agricultura Familiar (Copaf), localizada em São Sebastião de Lagoa de Roça, fizeram a aquisição de 1.200 pintainhas, aves de genética do caipira francês vindas da linhagem Vollailles Fermières para a produção de ovos.

As aves desembarcam às 13h40 no aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, e seguem para o alojamento do aviário na sede da Copaf. Na opinião do assessor estadual de avicultura da Emater Assis Ferreira, a chegada dessas aves, representa um grande avanço, uma vez que na fase adulta terão capacidade de postura de 300 ovos galinha/ano, deixando para o agricultor uma lucratividade líquida de aproximadamente 41 por cento.

Segundo Assis, a avicultura alternativa além de ser um dos setores produtivos em maior expansão no Estado, “é uma das formas de se chegar à produção de produtos naturais”. Ele disse que a intenção das associações avícolas da Paraíba é disponibilizar alimentos isentos de promotores de crescimento e de produtos de origem animal.

Além da Copaf, a Paraíba conta hoje com 34 associações de avicultura Alternativa em pleno funcionamento. As linhagens trabalhadas são: A Vifran, com híbridos Colorcpk, Máster griss, Tricolor, afora as linhagens Vermelha da Voillalles Fermières, Paraíso pedrez e aves de postura da Globo aves. Conforme os técnicos do setor avícola, a Paraíba não trabalha com raças, devido ao alto consumo de ração e relativa baixa de produção de ovos e ganho de peso insatisfatório.

Para o assessor estadual de avicultura da Emater os agricultores familiares estão apostando na atividade para diversificar a produção e melhorar a renda.