Fale Conosco

13 de dezembro de 2012

Emater discute convivência com estiagem e distribui mudas de palma forrageira



Emater discute convivência com estiagem e distribui mudas de palma forrageira

Como forma de conscientizar as pessoas para o convívio com as estiagens prolongadas, o Governo do Estado, por meio da Emater Paraíba, está tomando uma série de medidas. Na quarta-feira (12), a realização de um dia de campo serviu para ensinar estratégias de convivência com o semiárido para dezenas de agricultores familiares da região do Cariri. O evento aconteceu na Comunidade Catolé de Boa Vista, em Campina Grande.

As palestras e as explicações ficaram a cargo dos extensionistas do escritório regional da Emater em Campina Grande, quando foram visualizadas experiências de manejo e armazenamento de água na unidade de produção utilizando estratégias como barragem subterrânea, cisternas de placa, barreiros, poços, pequenos e médios açudes. Outras temáticas discutidas foram a produção e o armazenamento de forragens, nativas (maniçoba) e exóticas (leucena e gliricídia).

O diretor técnico Erasmo Lucena destacou a importância da realização de eventos dessa natureza, semelhantes a outros que têm sido promovido em outras regiões do Estado, sempre na perspectiva de assessorar as famílias agricultoras para a necessidade de se prepararem para o período de seca, como é a orientação do Governo do Estado.

O Instituto Nacional do Semiárido (Insa) participou do evento expondo tecnologias sociais de convivência com a seca, dando ênfase ao manejo da propriedade e armazenamento de forragem para os animais.

O chefe do escritório regional da Emater em Campina Grande, José Sales Junior, informou que nas barracas das experiências foram socializadas as políticas públicas e programas para a agricultura familiar, como assistência técnica e extensão rural, emissão de Documento de Aptidão do Produtor (DAP), Garantia Safra, Crédito Rural, Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e Programa de Aquisição de Alimento (PAA).

Durante o evento também foi discutido o programa estadual da ração animal do Governo do Estado, o papel do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, Territórios Rurais, Programa do Leite, entre outros.

Na oportunidade, foram distribuídas 200 mudas de essências florestais e frutíferas, bem como 300 raquetes de palma resistente à cochonilha do carmim.

Participaram do encontro mais de 100 agricultores e agricultoras familiares assistidos pela Emater Paraíba no Território da Borborema, técnicos, extensionistas rurais e liderança locais. “Vale destacar que parte dessas famílias está inserida no Programa Brasil Sem Miséria do Governo Federal, que tem como objetivo a erradicação da pobreza no espaço rural”, explicou Sales.