João Pessoa
Feed de Notícias

Em Sapé: Ricardo inaugura Escola de Artes e Central de Beneficiamento e Comercialização da Agricultura Familiar

terça-feira, 12 de julho de 2016 - 16:24 - Fotos:  José Marques

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta terça-feira (12), duas obras na cidade de Sapé: a Escola Municipal de Artes (EMA) e, em seguida, a Central de Beneficiamento e Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária. A EMA vai oferecer à população aulas e oficinas sobre os diversos campos da arte, além de realizar sessões de cinema com o Cine Clube Sapeense, encontros com o Clube do leitor e reuniões do Movimento negro de Sapé.

“Esta escola vai ser um espaço de formação educacional e cultural de crianças e jovens da cidade de Sapé. Aqui eles terão a oportunidade de aprender diversas artes”, disse Ricardo Coutinho.

A escola é voltada para alunos da rede pública e jovens em situações de risco social e busca incentivar o interesse pela arte. A EMA oferecerá oficinas de balé clássico, dança contemporânea, teatro, violino e outros. “É importante que os municípios desenvolvam ações como esta que fazem com que a arte e a cultura cheguem ao acesso dos jovens. O Governo do Estado apoia e parabeniza a cidade por esta obra que é a realização de um desejo dos moradores”, comentou o secretário de Cultura, Lau Siqueira.
De acordo com o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Sapé, Kildari André, a EMA vai promover a valorização da cultura local. “Precisamos dar o devido valor à educação e à cultura. É com muita alegria que trazemos mais uma ação para a população de Sapé. Em parceria com a Cidade Cristã, vamos oferecer diversas atividades ligadas ao campo da arte”, enfatizou.

“Vou estudar violino, percussão e teatro aqui na Escola Municipal de Artes, tudo de forma gratuita. Isso é muito bom porque vai ampliar meus conhecimentos na área da arte”, comemorou o aluno Mateus Sousa.

Central de Beneficiamento – Após participar da inauguração da EMA, o governador entregou a Central de Beneficiamento e Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária, também em Sapé. O local vai fortalecer a relação produtor/consumidor, possibilitando o avanço do mercado institucional por meio das compras diretas de Associações e Cooperativas dos Trabalhadores da Agricultura Familiar.
“É fundamental criar condições para facilitar a produção e o escoamento dos produtos da agricultura familiar. Esse espaço faz parte dos avanços nessa área e vai ser uma espécie de central de negócios. Eu acredito na agricultura familiar e ao lado de parceiros vamos fortalecer esta que é uma das áreas mais produtivas da Paraíba. Este empreendimento representa agregar valor, transformar o produto em algo valorizado pela qualidade e organização que é oferecido ao consumidor. Parabéns por este momento, que aqui se torne referência na comercialização dos produtos da agricultura familiar”, disse o governador.

A Central deve criar condições institucionais, mobilizar recursos financeiros, técnicos e políticos para estabelecer diretrizes e condições operacionais para os agricultores. Por meio dela, poderão ser firmadas parcerias e acordos com instituições públicas e privadas.

Segundo a secretária executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula Almeida, essa é uma ação em parceria com vários órgãos do Governo Federal e Estadual que visa trabalhar com o beneficiamento e fortalecimento da agricultura familiar. “A gente investiu cerca de R$ 400 mil aqui na região, em equipamentos e reforma deste prédio que estava abandonado, mas que agora está sendo inaugurado e entregue à comunidade. Vamos trabalhar com 15 assentamentos da reforma agrária e com mais de 400 agricultores diretamente”, frisou.

“É uma satisfação participar da inauguração desse espaço que foi construído através de parceria federal e estadual como uma alternativa de organizar a produção dos agricultores familiares. Hoje esse sonho se torna realidade e é uma grande conquista para estes trabalhadores”, ressaltou o delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário na Paraíba, Antônio Alves.

O agricultor Luiz Damásio disse que a Central vai valorizar e dar suporte ao trabalho dos agricultores da região. “Isso vai melhorar demais a vida dos agricultores familiares de Sapé. Vai facilitar a comercialização, produção e capacitação dos trabalhadores, com isso vamos nos unir e fortalecer a categoria. É um momento muito especial na nossa vida”, comemorou.