Fale Conosco

7 de outubro de 2011

Em reunião com Procon, bancos prometem ampliação do atendimento



Em reunião com o Procon Estadual e Procons municipais de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux e Patos, na tarde desta sexta-feira (7), representantes das instituições bancárias que atuam na Paraíba se comprometeram a ampliar a oferta de serviços disponibilizados ao consumidor durante a greve dos funcionários dos bancos.

Entre estes serviços, além da disponibilização de dinheiro para saque no autoatendimento (que já vinha sendo mantida), estão também a disponibilização de envelopes para a realização de depósitos, a reserva de funcionários para prestar informações ao público e atendimentos pessoais em casos especiais, como por exemplo, quando o aposentado ou pensionista não possui cartão para saque nos caixas eletrônicos e pode realizar esta operação apenas no caixa.

“O que tínhamos verificado é que a população estava tendo seu direito de ir e vir violado e sendo impedida até mesmo de buscar informações. O encontro foi muito proveitoso porque esclarecemos alguns pontos e tivemos a garantia dos bancos de que os serviços essenciais serão garantidos. A população sai fortalecida”, disse a secretária executiva do Procon-PB, Klébia Ludgério.

Para averiguar se os serviços estão sendo cumpridos e evitar abusos por parte das instituições financeiras, o Procon Estadual e os Procons municipais realizarão fiscalizações nas agências.  Os documentos apresentados pelas instituições financeiras, bem como a ata da reunião, serão enviados ao Ministério Público, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos consumidores nas agências bancárias no período de paralisação da categoria.

Compareceram ao encontro representantes das seguintes instituições: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNB, Bradesco, Itaú e Santander. O Sindicato dos Bancários também foi convocado a participar da reunião, mas enviou ofício informando da impossibilidade de comparecimento.

O consumidor que se sentir lesado durante a greve dos bancários pode também realizar denúncias no Procon Estadual, localizado no anel externo do Parque Solon de Lucena, em João Pessoa, ou nos núcleos de atendimento do órgão no interior do Estado. Outras informações podem ser adquiridas de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelos telefones 0800-281-1512 ou 3218-5442.

Agência reaberta – Durante a reunião, o Procon-PB foi informado que a Justiça concedeu, nesta sexta-feira (7), liminar para a reabertura das 14 agências do Banco Santander em João Pessoa. A agência do Bradesco no Centro da Capital também foi reaberta por decisão judicial.