Fale Conosco

22 de abril de 2009

Eleição define representantes da CTAP para o próximo biênio



Cinco novos membros foram eleitos para integrar a Comissão Técnica de Análise de Projetos da Subsecretaria Executiva de Cultura da Paraíba nos próximos dois anos.  A eleição aconteceu em quatro pontos do Estado, de 15 a 17 de abril, de acordo com as mesorregiões geográficas e mobilizou mais de 23 entidades.

A capital elegeu dois membros, representantes do Litoral e Zona da Mata. Josinaldo de Farias Flores é da Federação das Quadrilhas Juninas do Estado da Paraíba (Fequajune) e foi eleito com 10 votos. O segundo membro é Marcelo Vicente de Souza, do Grupo Folclórico Quadrilha Junina Nova Geração, eleito com oito votos.

Em Campina, representando Agreste e Brejo, Nivaldo Rodrigues da Silva Filho, da Associação Campinense de Teatro, foi eleito com um voto, o único da sessão. Cariri e Curimataú também elegeu seu representante com um voto: Daniel Duarte Pereira é membro do Instituto Histórico e Geográfico, Artístico e Literário do Cariri Paraibano.

Alto e baixo Sertão foi a região que mais mobilizou entidades em todo os Estado: 11 no total. A votação aconteceu na Fundação Ernani Sátyro, em Patos, elegendo o teatrólogo Francisco Ernandes de Oliveira, da Associação Cajazeirense de Teatro, com oito votos.

CTAP

A Comissão Técnica de Análise de Projetos, entre outras atribuições, é responsável pela análise e aprovação dos projetos inscritos no Fundo de Incentivo à Cultura do governo do Estado.

A CTAP é composta por dez membros titulares e dez suplentes, sendo cinco deles escolhidos livremente pelas entidades culturais de natureza jurídica sem fins lucrativos e cinco indicados pelo chefe do Poder Executivo.

Ao governador, cabe a nomeação do Secretário Estadual de Educação e Cultura (ou representante por ele indicado), um representante do Conselho Estadual de Cultura e três membros representantes do governo. José Maranhão deve fazer a indicação nos próximos dias.

Suplentes

Os candidatos com o segundo maior número de votos foram eleitos suplentes e poderão assumir a CTAP em caso de afastamento do titular. São eles: Jorge Luis de Freitas Vilela e Maria da Conceição da Silva Sousa (Litoral/ Zona da Mata), Maria Cezilene Araújo de Moraes (Agreste/Brejo) e Saulo Araújo de Brito (Alto e baixo Sertão). Até o fechamento desta matéria a assessoria não recebeu informações sobre o suplente eleito na região do Cariri/Curimataú.