João Pessoa
Feed de Notícias

Ela vai compor grupo selecionado no Brasil pelo Programa Jovens Embaixadores 2010

segunda-feira, 19 de outubro de 2009 - 16:47 - Fotos: 
A aluna do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Auzamir Lacerda, localizada na cidade de Patos, Kelly Kelttylly Faustino Lucena, foi escolhida na Paraíba para compor o grupo de 35 jovens selecionados no País, e representar o Estado no Programa Jovens Embaixadores 2010, nos Estados Unidos.

A relação dos selecionados para participar do Intercâmbio Cultural ‘Jovens Embaixadores 2010’ foi divulgada na sexta-feira (16) pela Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil. O programa levará os classificados aos Estados Unidos por três semanas – de 8 a 30 de janeiro de 2010. Durante a seleção, Kelly se mostrou muito segura e certa de sua escolha a nível estadual e nacional, uma vez que se encaixou em todos os pré-requisitos solicitados pelo Programa.

Os jovens embaixadores deverão cumprir a seguinte programação: uma semana na capital americana, Washington, participando de reuniões com autoridades, visitando monumentos históricos, museus e outras organizações, e nas duas semanas seguintes, eles serão divididos em subgrupos e cada um visitará um desses estados dos EUA: Montana, Carolina do Norte, Ohio, Alabama, Michigan, Oklahoma e Washington, onde vão conviver com uma família americana que os hospedará voluntariamente.

Eles também irão frequentar aulas em uma escola de ensino médio (high school) onde, além de conhecerem o dia-a-dia do jovem estudante americano, também terão a oportunidade de fazer apresentações sobre o Brasil.

Como funciona – O programa está na sua oitava edição e é promovido pela Embaixada Americana com escolas públicas. Participaram do processo de seleção os 26 Estados da Federação e o Distrito Federal, coordenados por 57 instituições parceiras.

O programa é destinado a alunos do Ensino Médio de escolas públicas, entre 15 e 18 anos, e objetiva transformar jovens da escola pública em embaixadores, para fortalecer os vínculos de amizade, respeito e colaboração entre Estados Unidos e Brasil, além de estimulá-los a continuar fazendo a diferença em suas comunidades, através de projetos sociais, ampliação dos conhecimentos e a promoção da auto-estima.

Esta é a terceira vez que a Paraíba concorre. A escolha prévia ocorreu nos Estados, de julho a setembro, período em que os estudantes passaram por várias etapas de avaliação oral e escrita. Dentre os critérios de escolha foram considerados o domínio do Inglês, a convivência com adversidades e a prestação de serviço voluntário.

Janildes Andrade, da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Educação