João Pessoa
Feed de Notícias

Educação realiza primeira ação do Plano de Enfrentamento à Violência

segunda-feira, 13 de junho de 2011 - 18:48 - Fotos:  João Francisco/Secom-PB

Reunião aconteceu na Escola Pe. Cícero Romão Batista, em Mandacaru. Foto: João Francisco/Secom-PB

A Secretaria de Estado da Educação (SEE) iniciou, nesta segunda-feira (13), a primeira ação prática do Plano de Enfrentamento à Violência nas Escolas. A ação começou na Escola Estadual de Ensino Fundamental Padre Cícero Romão Batista, localizada na comunidade Porto de João Tota, no bairro de Mandacaru, em João Pessoa. “Este plano representa a nossa intenção de unir planejamento e ação. Então resolvemos fazer esta ação numa escola pequena, num bairro que, de acordo com as estatísticas, é um dos que mais sofrem com a violência”, afirmou a secretária executiva da Educação, professora Márcia Lucena.

Além das gerentes e dos técnicos da SEE, estiveram presentes diversos representantes de entidades que ouviram a direção e os professores da escola sobre as principais necessidades para que as devidas providências nas áreas pedagógica e administrativa sejam tomadas. Na última quinta-feira (9), a Força Tarefa Executiva e Operacional da SEE visitou a escola e já realiza reparos na infraestrutura do prédio, na parte elétrica, hidráulica, retelhamento e demais problemas que foram detectados.

“Conversamos com os diretores e professores e iremos traçar um plano de ação específico para esta escola, com a ajuda da Emlur, no que se refere ao lixo e à limpeza da escola, com a ajuda dos bombeiros na poda das árvores e, assim, tentar melhorar esta realidade”, explicou a secretária executiva.

Para a diretora da escola, professora Carmélia Gonçalves, este plano é essencial tanto para a escola quanto para a comunidade. “Esta iniciativa do Estado de aumentar a segurança nos deixa mais tranquilos enquanto educadores, pois isto era o que faltava nas escolas, a força que faltava para que a escola cresça”, destacou a diretora.

Para Naiara Barros, professora do ensino fundamental, o plano vai trazer o que faltava na escola. “Estou muito feliz com este plano, pois aqui meus alunos convivem com a violência e alguns trazem isso pra dentro da sala de aula, brigando entre si. Então é muito importante para a comunidade falar sobre isso e traçar metas para conter a violência”, disse a professora.

O Plano de Enfrentamento à Violência nas escolas tem como meta diagnosticar o cenário e estabelecer ações, começando pelas escolas da 1ª Gerência Regional de Educação, com sede em João Pessoa, a partir de dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social com relação a registros de violência nas escolas.

O trabalho está sendo realizado em parceria com o Ministério Público, Prefeitura Municipal de João Pessoa e Secretarias da Segurança Pública e Defesa Social, por meio das Polícias Militar e Civil, Departamento Estadual de Trânsito e Corpo de Bombeiros; de Desenvolvimento Humano, de Cultura e da Juventude Esporte e Lazer, além da Energisa e Superintendência de Transporte e Trânsito (STTrans).