Fale Conosco

10 de novembro de 2015

Educação aplica Prova Brasil Saeb 2015 até o dia 20 de novembro



A Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) do Ministério da Educação (MEC) e o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), está aplicando, até o dia 20 de novembro, a Prova Brasil/Saeb/2015.

Na Paraíba serão 35 polos de apoio logístico abrangendo as 14 Gerências Regionais de Educação (GRE). Estarão envolvidos na aplicação dois coordenadores estaduais de logística, três subcoordenadores de logística, 35 coordenadores de polo e aproximadamente 337 aplicadores dos instrumentos de campo (Testes de Proficiência de Língua Portuguesa e Matemática, Questionários do Professor, Gestor Escolar e da Escola). Estes aplicadores atuarão em 3.379 turmas das escolas estaduais, municipais, federais e privadas em toda a Paraíba.

“Ressaltamos que na edição de 2015, o Inep/MEC inovou na capacitação desses colaboradores com a instituição do Evento de Alinhamento de Conhecimentos e Habilidades para aplicação do Saeb/2015 e da capacitação presencial promovidos pelas instituições Caed/Inep/MEC, onde todos os envolvidos na aplicação participaram efetivamente dos dois momentos”, ressaltou Iara Andrade de Lima, coordenadora estadual do Saeb 2015.

O Saeb/2015 avaliará em toda Paraíba 85.443 estudantes, sendo 27.836 da rede estadual, 53.433 da rede municipal, 251 estudantes da rede federal e 3.923 da rede privada. Deste universo de estudantes, 42.555 são do 5º ano do Ensino Fundamental, 39.368 do 9º ano EF e 3.520 da 3ª série do Ensino Médio.

Saeb – O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) tem como principal objetivo avaliar a Educação Básica brasileira e contribuir para a melhoria de sua qualidade e para a universalização do acesso à escola, oferecendo subsídios concretos para a formulação, reformulação e o monitoramento das políticas públicas voltadas para a Educação Básica. Além disso, procura também oferecer dados e indicadores que possibilitem maior compreensão dos fatores que influenciam o desempenho dos alunos nas áreas e anos avaliados.

O Saeb é composto por três avaliações externas em larga escala:

Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb): Abrange, de maneira amostral, alunos das redes públicas e privadas do país, em áreas urbanas e rurais, matriculados na 4ª série/5ºano e 8ªsérie/9ºano do Ensino Fundamental e no 3º ano do Ensino Médio, tendo como principal objetivo avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação brasileira. Apresenta os resultados do país como um todo, das regiões geográficas e das unidades da federação. 

Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (ANRESC) – (Também denominada “Prova Brasil”): Trata-se de uma avaliação censitária envolvendo os alunos da 4ª série/5º ano e 8ª série/9º ano do Ensino Fundamental das escolas públicas das redes municipais, estaduais e federal, com o objetivo de avaliar a qualidade do ensino ministrado nas escolas públicas. Participam desta avaliação as escolas que possuem, no mínimo, 20 alunos matriculados nas séries/anos avaliados, sendo os resultados disponibilizados por escola e por ente federativo. 

Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) - A ANA está direcionada para as unidades escolares e estudantes matriculados no 3º ano do Ensino Fundamental, fase final do Ciclo de Alfabetização, e insere-se no contexto de atenção voltada à alfabetização. A avaliação produzirá indicadores que contribuam para o processo de alfabetização nas escolas públicas brasileiras. Para tanto, assume-se uma avaliação para além da aplicação do teste de desempenho ao estudante, propondo-se, também, uma análise das condições de escolaridade que esse estudante teve, ou não, para desenvolver esses saberes.

Assim, a estrutura dessa avaliação envolve o uso de instrumentos variados, cujos objetivos são: aferir o nível de alfabetização e letramento em Língua Portuguesa e alfabetização em Matemática das crianças regularmente matriculadas no 3º ano do ensino fundamental e as condições de oferta das instituições às quais estão vinculadas.

Ideb – O Ideb foi criado pelo Inep em 2007, em uma escala de zero a dez. Sintetiza dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: aprovação e média de desempenho dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb e a Prova Brasil.

Avaliando IDEPB – O Sistema de Avaliação da Educação do Estado da Paraíba “Avaliando IDEPB” foi instituído desde 2012 e anualmente realiza testes de Proficiência em Língua Portuguesa e Matemática com os estudantes do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, 3ª série do Ensino Médio e 4º ano do Ensino Normal.