Fale Conosco

9 de agosto de 2012

Edson Ramalho: hospital amigo da criança vai ampliar atendimento em oftalmologia



Um dos poucos hospitais militares do país a atender pelo Sistema Único de Saúde (SUS), primeiro da Paraíba a criar a Casa das Mães e hospital amigo da criança são algumas das características do Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho. Localizado em João Pessoa, atualmente, é também a única unidade militar da região a atender urgências. São cerca de 250 procedimentos por dia.

O Edson Ramalho é um hospital de médio porte, como explica o diretor executivo, coronel Thaelman Queiroz, que mesmo com a grande demanda tem conseguido desenvolver ações que beneficiam a população paraibana. Um dos serviços de destaque é o da maternidade. “Aqui são realizados cerca de 250 partos ao mês, incluindo partos naturais e cesarianas. Os bebês nascidos aqui  já saem com o registro civil, realizamos testes da orelhinha e pezinho, possuímos 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal e a Casa das Mães nosso maior orgulho”, detalha coronel Thaelman.

A Casa das Mães é um espaço próprio para as mulheres com recém-nascidos internados na UTI Neonatal. Dessa maneira, elas podem acompanhar o desenvolvimento do seu bebê em um local adequado sem precisar ocupar um leito da maternidade. “Somos o único hospital público da Paraíba, quiçá do Nordeste, que possui um espaço como a Casa das Mães Amor e Vida”, conta o diretor.

A Casa possui um espaço de terapia ocupacional, onde as mães preenchem o tempo livre com atividades de habilidades manuais como fuxico, pintura, colagem e crochê.

Projetos - Ao deixar a UTI Neonatal, o bebê é direcionado à Unidade de Cuidados Intermediários (UCI). Neste espaço, já recuparado, ele pode dispor de outros programas do Hospital Edson Ramalho,a exemplo do Projeto Redinha. “O projeto conta com uma pequena rede instalada dentro da incubadora, a fim de dar maior aconchego ao bebê e ter uma recuperação mais rápida. E tem ainda o projeto do ofurô, que são banhos de imersão para a criança. Isso tudo no intuito de acelerar a recuperação”, explica o diretor.

A enfermeira plantonista da UTI Neonatal, Cândida de Sousa, conta que todos os profissionais do setor trabalham com a finalidade de proporcionar maior conforto e bem estar aos bebês, além disso, preza sempre pelos princípios éticos e de higiene. “Em maio deste ano,  ganhamos um certificado da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), pois tivemos infecção zero”, disse a enfermeira. A CCIH é responsável por uma série de medidas, como o incentivo a  higienização das mãos dos profissionais de saúde; controle do uso de antimicrobianos; fiscalização da limpeza e desinfecção de artigos e superfícies.

O Edson Ramalho ainda disponibiliza um setor de Psicologia e outro de Humanização. Os psicólogos são responsáveis por dar orientação aos pacientes e familiares em momentos de dor e durante a internação. Um das ações do setor de Humanização foi a instalação da brinquedoteca –  espaço de entretenimento para as crianças que vão ao hospital como acompanhantes.

 

Futuro – O diretor executivo do Edson Ramalho também destaca as reformas que vão melhorar a estrutura e atendimento do Hospital Militar. O coronel Thaelman Queiroz afirma que pretende ampliar a atuação da Clínica de Oftalmologia, com a aquisição de novos equipamentos. Até dezembro, ele afirma que planeja adquirir um novo microscópio e começar a usar lentes flexíveis – o que há de mais moderno nas cirurgias de catarata. “Também estamos aguardando o credenciamento do Hospital para começar a realizar transplante de córnea”, antecipa o diretor.