João Pessoa
Feed de Notícias

Edson Ramalho é o primeiro hospital da Paraíba a implantar a Casa de Mães

sexta-feira, 8 de junho de 2012 - 08:56 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

A rede pública hospitalar da Paraíba já dispõe da Casa de Mães Amor e Vida, a primeira implantada e em pleno funcionamento no Estado. O novo serviço, voltado para a humanização da saúde, foi inaugurado no início de junho, no Hospital General Edson Ramalho, em João Pessoa. O espaço tem 14 leitos, sendo 12 na casa e dois na maternidade para atender pacientes de alto risco.

A Casa de Mães ou Casa da Gestante, Bebê e parturiente segue os padrões exigidos pelo Ministério da Saúde e é uma unidade de cuidado peri-hospitalar que acolhe, orienta, cuida e acompanha gestantes, mães e recém-nascidos de risco que demandam atenção diária em serviço de saúde de alta complexidade, mas não precisam de internação. As usuárias também dispõem de uma praça, ao lado da Casa, para seu maior conforto.

O local foi projetado para atender usuários que, pela natureza dos agravos apresentados e pela distância do local de residência, não podem retornar ao domicílio no momento de pré-alta; e mulheres com bebês internados na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal do serviço de saúde e/ou que necessitam de informação, orientação e treinamento em cuidados especiais com seu bebê.

A dona de casa Muricélia José de Santana, da cidade de Mamanguape, é uma das mães assistidas pela Casa de Mães Amor e Vida, do Hospital Edson Ramalho. Ela acompanha seu bebê, desde o dia 19 de maio, na UTI neonatal. “O serviço é muito bom, deixa a gente segura e mais tranquila por acompanhar nossos filhos. Além disso, a gente pode realizar pequenas atividades de artesanato”, declara.

O diretor administrativo do Hospital Edson Ramalho, major PM Luciano Alves Pontes,  revela que o novo serviço faz com que as mães deixem de ser pacientes para serem acompanhantes de seus bebês. “Com a Casa de Mães as enfermarias têm mais leitos desocupados”, observa o major Pontes.

Nos plantões, há enfermeira, técnico de enfermagem, assistente social, além de estagiárias do curso de enfermagem. A assistente social, Betania Lira, avalia que o projeto Casa de Mães é um modelo inovador e proporciona maior conforto às mães enquanto acompanham os filhos que se encontram em tratamento.

A Casa de Mães Amor e Vida foi inaugurada dia1º, no Hospital General Edson Ramalho, em solenidade presidida pelo comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller de Assis Chaves. O serviço é uma extensão da UTI neonatal e faz parte do Projeto Rede Cegonha.

Na ocasião, o diretor geral do Hospital Edson Ramalho, coronel Thealmam Dias de Queiroz, enalteceu a importância da criação do novo instrumento em benefício de mães e recém-nascidos carentes.