Serviço de Informação ao Cidadão

Digite no campo abaixo um critério para sua busca.

EMATER  O que é a Emater Paraíba?

É uma empresa pública estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca - SEDAP


EMATER  *Quais projetos foram desenvolvidos pela Secretaria em 2011?

Em 2011, a Sejel, pela primeira vez realizou os Jogos Paraescolares, voltados para a pessoa com deficiência, paralalelamente com os Jogos Escolares, no intuito de haver um critério justo para representar a Paraíba nas Olimpíadas Paraescolares Brasileiras, evento organizado pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro.

Sobre os Jogos Escolares, um fato inédito foi a isenção na taxa de inscrição e o número recorde de escolas inscritas. Só em João Pessoa foram quase 100 disputando. Os campeões de cada regional de ensino se classificaram para a fase estadual, que foram disputadas em João Pessoa e Campina Grande, onde os vencedores viajaram para as Olimpíadas Escolares Brasileiras, uma etapa ocorreu em João Pessoa e a outra em Curitiba.

A Semana Olímpica, que aconteceu no mês de julho, em Campina Grande, trouxe a comemoração do Olympic Day para a Paraíba por meio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Durante o evento que durou três dias, houveram cursos e palestras voltadas ao esporte olímpico por ex atletas que brilharam em Olimpíadas e ainda levou teatro de bonecos às escolas públicas da cidade.

 


EMATER  *E com relação a apoio a eventos?

No mês de julho, a Sejel apoiou a I Clínica de Futebol, durante um dia inteiro, em João Pessoa, onde contou com a presença de Jorge Barcellos, atual técnico da seleção feminina principal de futebol. Já na área do desporto aquático, o apoio aconteceu no Norte-Nordeste de Natação e na Clínica de Nado Sincronizado para as atletas que iriam disputar o Campeonato Brasileiro da modalidade.


EMATER  *Quais estádios são administrados pela Sejel?

A Sejel administra diretamente três estádios que o Governo do Estado possui. Em João Pessoa, é o Almeidão e em Campina Grande, o Amigão. Já o Perpetão, é na cidade de Cajazeiras.

Este ano, o Governo do Estado, destinou mais de 2 milhões e meio para investir nos três estádios, já que nunca passaram por reformas estruturantes. Para acontecer as obras, é preciso ser firmado um convênio com a Suplan, para então iniciar o processo de licitação.

Cada estádio tem um gerente operacional, que é coordenado pelo gerente executivo das unidades desportivas descentralizadas.

 


EMATER  *Além dos estádios, a Sejel administra outras praças esportivas?

Sim. Em João Pessoa, o ginásio poliesportivo Ronaldão e a Vila Olímpica Ronaldo Marinho, antigo Dede, que recentemente foi anunciado pelo govenador que vai receber 4 milhões de reais para reformar sua estrutura, que encontra-se deteriorada pela ação do tempo. Na Vila, são praticadas mais de 25 modalidades esportivas. Já no interior, o ginásio poliesportivo Barbosão, no Distrito de Galante, zona leste de Campina Grande também é administrado pela Sejel. Assim como os estádios, os ginásios e a Vila tem o seu gerente operacional, que é ligado direto ao gerente executivo das unidades desportivas descentralizadas.


EMATER  *Na área da juventude, o que a Sejel tem feito?

Em outubro de 2011, a Sejel promoveu a Conferência Estadual de Juventude, onde trouxe 400 jovens de mais de 100 municípios do Estado. No evento, foram escolhidos temas para serem levados à Conferência Nacional de Juventude, que aconteceu no mês de dezembro do ano passado em Brasília. A Sejel também viabilizou o transporte para os delegados e representantes paraibanos que foram a Brasília.

 


EMATER  *Qual a participação da Sejel na tentativa de inserir João Pessoa no calendário da Copa do Mundo de 2014?

Foi de inteira responsabilidade da Sejel a inscrição de um local para concorrer a ser um Centro de Treinamento de Seleção para a Copa 2014. Como só a Vila Olímpica atendia as exigências impostas pelo Comitê Organizador da Copa, o então secretário Fábio Maia, juntamente com o vice governador Rômulo Gouveia, em reunião com o ministro dos esportes, Orlando Silva, que tinha prometido uma verba de 18 milhões para reforma completa do complexo esportivo.


EMATER  *Fora de João Pessoa a Sejel possui alguma representação?

Tem sim. Fica em Campina Grande, numa sala na Secretaria de Interiorização do Estado

EMATER  *Qual é o procedimento para o clube receber o Gol de Placa?

O clube precisa apresentar um plano de aplicação ao titular da Sejel e depois de assinado o plano, o processo precisa ser apreciado pela Controladoria Geral do Estado para análise da prestação de contas. Caso as contas sejam aprovadas, o processo é encaminhado à Receita Estadual para liberar a carta de crédito.


EMATER  *Existe alguma parceria para doação de material esportivo?

A Secretaria de Administração Penitenciária através do Programa Pintando a Liberdade manda frequentemente bolas de futebol de campo e futsal que são confeccionadas pelos detentos que estão nas cadeias públicas da Paraíba.


EMATER  *A viagem dos atletas para as Olimpíadas Escolares é de responsabilidade da Sejel?

Não só o transporte como também a alimentação é de responsabilidade da Sejel nas duas edições anuais das Olimpíadas Escolares Brasileiras.


EMATER  *A Sejel tem autonomia para a entrada de pessoas em jogos de futebol nos estádios?

Não. Existe uma lei que em dia de jogos, a entrada das pessoas e a arrecadação da venda de ingressos é de total responsabilidade dos clubes mandantes das partidas.


EMATER  *E os clubes pagam pra jogar nos estádios do Governo?

Não. Há uma lei de 1991 que o estádio é obrigado a abrir para os clubes mandarem seus jogos sem pagar aluguel ao Estado, porém, a marcação do campo e os gandulas são pagos pelos clubes.


EMATER  *E as cadeiras destinadas ao Governo do Estado?

Elas são usadas para comportar apenas as autoridades


EMATER  *Qual a política voltada para o esporte de praia?

Em janeiro de 2012 foi realizado o Verão em Ação. Foi um mês de práticas esportivas em 9 praias da Paraíba com 9 modalidades disputas.


EMATER  *Quais os projetos para 2012?

A partir de maio, terá início os Jogos Escolares e os Paraescolares, que, juntos, são o maior evento do desporto escolar do Estado, envolvendo as 14 regiões de ensino da Paraíba e movimentando mais de 30 mil alunos. Assim como ocorreu no ano passado, haverá as etapas regionais, de onde sairão os campeões para disputar a etapa estadual; dessa etapa, serão selecionados os vencedores para participar das Olimpíadas Escolares Brasileiras – evento organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Novidade – A novidade no calendário é o projeto “Ginásio Cidadão”, que, de maio a dezembro, reunirá crianças e adolescentes dos bairros Cristo Redentor, Geisel e José Américo para participar de escolinhas de nove modalidades esportivas no Ginásio Ronaldão, em João Pessoa. Poderão participar aqueles com idade entre 7 e 17 anos e que estejam matriculados nas escolas da rede estadual de ensino. “Abriremos as portas do Ronaldão para um projeto que cultiva o esporte e afasta o jovem das drogas”, disse.

Ainda em maio, será a vez do Fórum do Esporte, quando serão definidas as bases de uma política pública para o esporte e o lazer da Paraíba em todas as regionais. Desse fórum, sairão as temáticas para a etapa estadual, que será realizada em João Pessoa.

Já no mês de outubro, a Sejel organizará os Jogos dos Servidores Estaduais e o projeto Esporte não tem Idade. O primeiro tem o objetivo promover a interação entre os funcionários da administração direta e indireta do Governo da Paraíba, promovendo certames em nove modalidades, nas categorias masculino e feminino. Já o segundo, como o próprio nome diz, será destinado às pessoas acima de 60 anos e acontecerá durante a Semana do Idoso.

Verão ativo – O ponta-pé inicial das atividades esportivas e de lazer no Estado deste ano foi dado com o “Verão em Ação”, que integrou a programação do “Circuito do Sol”, em nove praias do litoral paraibano, durante os meses de janeiro e fevereiro. Foram oferecidas oito modalidades, com escolinhas e prática livre para toda a população.

Juventude – O calendário também consta de discussões sobre a juventude. Entre abril e dezembro, está o projeto Fomento, Apoio e Fortalecimento de Políticas Públicas de Juventude na Paraíba. O objetivo é promover seminários para discutir estratégias de institucionalização e organização de atividades dos conselhos municipais de juventude, com a capacitação de gestores municipais e conselheiros estaduais ligados à juventude.

Paraíba Paraolímpica – Para atender às necessidades das pessoas com deficiência, o projeto vai solucionar o déficit de difundir o paradesporto em várias modalidades. A primeira etapa, no mês de abril, consiste em matricular 324 alunos e na segunda eapa, treinar os matriculados para participarem das competições paradesportivas.


EMATER  *Atualmente, como está sem secretário executivo, quem responde pela pasta na ausência do secretário titular?

O chefe de gabinete.


EMATER  *Há projetos desenvolvidos pela Sejel que é em parceria com outras secretarias?

Sim. A Secretaria de Educação através das regionais de ensino dão total apoio na realização dos Jogos Escolares, que são realizados em todas as regiões da Paraíba.


EMATER  *Na Vila Olímpica Ronaldo Marinho existe escolinhas de várias modalidades. Qual procedimento para conseguir matrícula?

No total são 25 modalidades esportivas oferecidas à população, sendo que, criança matriculada na rede pública de ensino não paga mensalidade.