Fale Conosco

6 de junho de 2014

Duzentos operários trabalham na reforma do Estádio Almeidão



reforma almeidao fotos francisco franca 3 270x192 - Duzentos operários trabalham na reforma do Estádio AlmeidãoAs obras da primeira grande reforma e urbanização do Estádio José Américo de Almeida – “Almeidão” – em João Pessoa, estão em sua etapa final, mobilizando 200 operários que atuam em dois turnos diários. O Governo do Estado investe R$ 28 milhões e o estádio já ganhou novo gramado (com padrão aprovado pela FIFA) e na área externa estão sendo construídas duas quadras poliesportivas, uma pista de skate, quatro quiosques, uma calçada para caminhada contornando todo o estádio, além de amplo estacionamento pavimentado e iluminado.

Banheiros, arquibancadas, instalações elétricas e hidráulicas e iluminação estão sendo recuperados. O superintendente da Suplan, João Azevedo, revelou que a cidade de João Pessoa ganhará uma nova praça esportiva e um novo complexo de recreação.reforma almeidao fotos francisco franca 1 270x192 - Duzentos operários trabalham na reforma do Estádio Almeidão

Uma moradora das proximidades informou que os imóveis daquela área estão tendo novo valor de mercado por conta da urbanização do estádio, inclusive a sua casa.

Entre os 200 operários da obra do Almeidão, um personagem que chama a atenção por sua vitalidade aos 65 anos de idade e por ter trabalhado na construção do estádio ainda nos Anos 1970, é o pedreiro José Arnaldo Belo, natural do município de Serra da Raiz.

Vim morar em João Pessoa em 1957, na obra do estádio trabalhei nos anos 70 e hoje pela graça de Deus também estou trabalhando na reforma desse grande estádio e estou feliz por essa oportunidade. Quero parabenizar o Governo do Estado por recuperar o Almeidão”, disse José Arnaldo, que promete estar entre os colegas na reinauguração.

Dos colegas de trabalho José Arnaldo recebe elogios e demonstrações de admiração pela dedicação à profissão. Aos jovens pedreiros ou que queiram ingressar nesse Jose arnaldo almeidao foto francisco frança 63 270x180 - Duzentos operários trabalham na reforma do Estádio Almeidãoofício ele diz que toda profissão é digna e que tem orgulho de ser pedreiro.

O mestre de obras Ivanildo Nascimento Silva foi quem contratou Arnaldo: “Ele chegou e me disse que havia trabalhado na construção do estádio, e que ainda exercia a profissão de pedreiro. Então pediu uma vaga para trabalhar na reforma da obra que há 40 anos ele ajudou a erguer, e eu o empreguei”. De acordo com Ivanildo o senhor Arnaldo é um trabalhador exemplar, disciplinado, e não faltou um dia sequer ao serviço. “Ele mora no Cristo Redentor e vem ao trabalho pedalando sua bicicleta”, diz o mestre de obra sobre o pedreiro Arnaldo, que é casado, pai de três filhos e avô de cinco netos.