João Pessoa
Feed de Notícias

Documento emitido pela Sudema foi homologado nesta terça-feira, 9

terça-feira, 9 de março de 2010 - 13:21 - Fotos: 
O Conselho de Proteção Ambiental (COPAM) se reuniu na manhã desta terça-feira (09) para discutir sobre o Centro de Convenções de João Pessoa. Com apenas dois votos contrários, a licença de instalação para o empreendimento, emitido pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), foi homologada pelo Conselho.

O procedimento vem consolidar formalmente a implantação do Centro de Convenções, cujas obras se encontram em ritmo célere. O Governo do Estado vem incorporando ao empreendimento, de maneira enfática, a dimensão ambiental para o Pólo Turístico do Cabo Branco, cujo embargo, imposto pelo Ibama, foi revogado nos primeiros meses do atual Governo.

Com a implantação do Centro de Convenções, virá a estruturação dos parques estaduais de Aratú e Jacarapé, que receberão investimentos de infraestrutura, bem como ações no sentido de garantir o cumprimento das normas ambientais atinentes a parques. Essas duas unidades de conservação serão ainda interligadas por um corredor ecológico, formado por mata nativa, circundante à área de implantação do Centro de Convenções.

O secretário do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, Francisco Jácome Sarmento, informou que a SEMARH desenvolve ainda um estudo de contextualização ambiental com foco não somente no Centro de Convenções, mas também no Pólo Turístico do Cabo Branco, que será convertido em Pólo Ecoturístico. O COPAM é presidido pelo secretário Francisco Sarmento, que na ocasião foi representado pelo secretário executivo da SEMARH, Eloísio Henrique Henriques Dantas.

Ana Aragão, Assessora de Imprensa da SEMARH